Outros

Viajar é sempre bom, renova nossas energias, nos transforma em aventureiros, sem falar no milhão de descobertas que fazemos ao encontrar um lugar diferente. Mas como viajar se o cofrinho está vazio? Não se desespere, com essas dicas você irá economizar sem sentir dor no bolso e no final poderá viajar sem ter que fazer muito esforço!

1 – Diminua os rolês – Todo mundo gosta de sair né? Restaurantes, cinema, shopping. Mas é necessário fazer isso todos os fins de semana? Às vezes inovar é bacana. Tente mudar seus programas, fazer algo em casa, reunir a galera. Serão experiências novas e irá economizar uma boa grana, já que esses rolês são meio caros.

2 – Corte gastos extras – Sabe aquele pacote de TV que você assinou mas nem para em casa pra assistir? Você não precisa dele. Tem gente que tem pacote de TV, Netflix, entre outros e mal vê um programa na semana toda. É uma boa cancelar ou procurar pacotes mais em conta, já que você não assiste tanto e a viagem está em mente, né?

3 – Corte as brusinhas – Não estou falando para fazer todas virarem cropped e sim cortar os gastos. Estamos na era de economizar em roupas. Pra quê tanto cartão de loja? Você realmente irá usar todas essas roupas ou é apenas mania de comprar? Muitas roupas são compradas e esquecidas no fundo do armário e no final viram lixo.

4 – Troque o almoço em restaurante por uma marmita – Se no dia a dia você precisa almoçar fora, que tal levar sua comida de casa? Sai muito mais barato comprar um pacote de arroz, carne, macarrão e etc do que comprar almoço em restaurantes todos os dias. Além de ser mais saudável ,você ainda melhora os dotes culinários e a saúde agradece também!

5 – Troque o carrinho pela cestinha – no mercado compre o que realmente for necessário. Aqueles docinhos, biscoitos e extras são gostosos mas nem sempre fazem bem à saúde e na maioria das vezes o preço é lá em cima. Faça uma listinha do que realmente precisa e se mantenha firme.

6 – Arrume um cofrinho – fazer uma poupança é essencial! Sabe quando você guarda o dinheiro e nem lembra dele? Você acaba esquecendo, ou seja, não gasta!! Vai colocando na poupança os trocos, o que economizou seguindo as dicas, o que foi extra e quando você for olhar para viajar, terá bastante dinheiro!

7 – Faça um bazar – Olhe no seu armário: tem muita coisa que você não usa, né? Tá na hora de passar para frente! Faça um bazar online ou na rua de casa, o que não é útil para você será útil para outra.

Depois de seguir essas dicas, olhe seu cofrinho e estará pronto para viajar! E se for procurar um destino, confira esse post sobre viajar sozinha  ou esse sobre perfis do instagram para quem ama viajar.

 

0 comentários

Técnica em Informática pelo Instituto Federal de Rondônia, estudante de moda na UFG, 22 anos e blogueira. Escrevo sobre moda, culinária, decoração, viagens e o que vier na cabeça no blog http://anastaciakaziuk.com.br/home Redes Sociais: @AnastaciaKaziuk


Infelizmente, o Coachella 2017 terminou no último dia 23/04 deixando todos nós de coração partido. O festival de música apresentou um line up maravilhoso, e contou com a presença de celebs, atrizes, cantoras e blogueiras. Foram seis dias, divididos em dois fins de semana, que nos deram pauta para este post. Mas não, eu não vou falar sobre os artistas que tocaram por lá. O tema do post tá focado nos looks BAPHONICOS que toda fashionista AMA ver.
Além da RAINHA style do Coachella, Vanessa Hudgens, eu também separei vários looks de influenciadoras digitais que deram uma passada por lá. Deu para notar que o povo se arriscou nas botinhas, nos vestidos compridos, nos kimonos e jaquetas oversized. Teve muita franja, couro, croppeds e choquem: teve até pochete. Os vestidos “podrinhos” não ficaram de fora, muito menos a tendência que todo estão vidrados: TRANSPARÊNCIA.
Teve choker? Teve muito! Aliás, no coachella valley é permitido abusar dos acessórios. Anéis, colares, cintos, coroas de flores, spikes, piercings e glitter, MUITO glitter.
Os óculos são itens must have que eu amei! Tudo super colorido, grandão, e cheio de estilo, claro.
“Ah, Deb, mas e no cabelo?” A galera se jogou nas tranças, no rabo de cavalo, nas extensões coloridas, nas perucas e no bom e velho half bun super mole de fazer.
São conjuntos fáceis de copiar pros festivais que rolarem aqui no Brasil, então.. por quê não dar uma olhada, hein? VEM COMIGO!



E PARA FECHAR, BOW DOWN FOR THE QUEEN:

 

0 comentários

19 anos de muita história para contar, autora do blog duzentaslinhas.com.br, residente do país das maravilhas e escritora nas horas vagas - nas outras também. Geminiana, sonhadora, avoada, estudante de psicologia, especialista em matérias impossíveis e completamente apaixonada por pessoas, flores e tudo que há de belo no mundo. Acredita em fadas, sereias e em um amor que cura todos os males. Quer conversar comigo pelas redes sociais? Fácil, só me chamar em @duzentaslinhas  Ou quer desabafar secretamente? Me chama no snap duzentaslinhas ou pode me mandar sua história pelo e-mail duzentaslinhas@gmail.com (juro que sou boa em conselhos)  

Nem sempre podemos estar rodeado de amigos e familiares, às vezes nos mudamos pra uma cidade distante, outras passamos muito tempo só devido ao cotidiano, mas isso não quer dizer que precisamos nos isolar e dormir o dia todo!

Você pode vencer o tédio!! É importante aprender a gostar da própria companhia, pois isso fortalece o amor próprio e a autoconfiança. Veja a seguir dicas que irão mudar seus dias que ao invés de perder tempo fazendo nada, você será ainda mais feliz <3

  • Coloque seus fones de ouvido e escute uma playlist totalmente aleatória e aprenda a gostar de músicas novas. As que você mais gostar, monte coreografias e dance pela sala toda.
  • Vá ao cinema e assista aquele filme que você sempre quis mas ficou com vergonha de chamar os amigos por acharem que o filme era bobo demais,  depois dê uma volta no shopping e se permita levar pelo menos uma blusinha pra casa.
  • Faça um spa em casa: pegue uns produtinhos aqui, umas toalhas ali, coloque uma música relaxante, tome aquele banho demorado, faça uma hidratação no cabelo, unhas, tudo! Você merece!

  • Pegue aquele livro que você comprou e nunca leu e dê a ele uma chance. Caso não tenha, é sempre bom reler aquele livro que marcou uma fase da sua vida.
  • Tente criar uma receita nova, experimente os ingredientes que tem em casa e veja qual combina, qual dá erro e se no final ficar bom, divulgue pros amigos.
  • Sabe aquela série que você não teve tempo de assistir? Que tal maratonar? Pipoca, brigadeiro, chocolate quente e a netflix ON!

  • Faça um DIY. Pesquise na internet ou invente, mas renove suas blusinhas, ou faça alguma decoração pro seu quarto. São tantas coisas que quando você começa a customizar, não vê nem o tempo passando.
  • Mande cartas para aquelas pessoas que são especiais. Tirar um tempinho para escrever vai deixar você e a outra pessoa ainda mais feliz. Não é todo mundo que tem essa dedicação, né? E afinal, receber um mimo desse é maravilhoso e anima o dia de qualquer um <3
  • Se nada te animar, coloque no youtube e siga o primeiro tutorial que você achar. A ideia é experimentar coisas novas e vê se realmente funciona como o vídeo mostra.

Depois disso tudo, acho que é hora de dormir, né? Agora não tem mais desculpas pra dizer que está no tédio, basta seguir as dicas acima! O que você faz de diferente quando tá entediada? Conta pra gente, e ah, não deixa de dizer qual das dicas você mais gostou!!

0 comentários

Técnica em Informática pelo Instituto Federal de Rondônia, estudante de moda na UFG, 22 anos e blogueira. Escrevo sobre moda, culinária, decoração, viagens e o que vier na cabeça no blog http://anastaciakaziuk.com.br/home Redes Sociais: @AnastaciaKaziuk

Vi essa matéria incrível no site Mundo Estranho, e tive que repostar aqui no blog, já que eu sou a louca dos signos. Vamos saber qual o signo que mais combina com a personalidade do seu signo? 🙂

Áries » Mad Max

12-filmes-para-os-12-signos-do-zodiaco

Os arianos são os primeiros do zodíaco, portanto são os pioneiros, os mais impulsivos e, talvez, um pouco violentos às vezes. Por serem tão impulsivos, são do tipo que se entedia rápido, então os filmes de ação são a melhor escolha para esse signo. Mad Max é um filme pós-apocalíptico que envolve muitos conflitos e cenas empolgantes, um filme tipicamente ariano.

Touro » Pequena Miss Sunshine

12-filmes-para-os-12-signos-do-zodiaco

Persistência (para não dizer teimosia) é a característica principal do signo de Touro (depois da gula) e essas são as marcas registradas da pequena Olive (Abigail Breslin) em Pequena Miss Sunshine. Olive convence toda sua família a atravessar o país em uma Kombi para que ela possa participar de um concurso de beleza infantil.

A menina carrega em si a persistência e a determinação do signo de Touro não só para vencer o concurso, mas também para entender que ser diferente das outras garotas não é problema nenhum.

Gêmeos » A Mentira

12-filmes-para-os-12-signos-do-zodiaco

O signo mais comunicativo e duas caras do zodíaco precisava de um filme à altura de sua compulsão por mentiras, mesmo que grande parte delas seja contada para não chatear alguém ou como desculpa para não fazer alguma coisa (quem nunca, não é mesmo?).

Protagonizado pela querida Emma Stone, A Mentira conta a história de Olive, que era a típica estudante invisível do ensino médio até inventar que vai sair com alguém só para não ter que acampar com sua melhor amiga no final de semana. Para manter a mentira, logo depois ela diz que perdeu a virgindade com o tal garoto nesse encontro.

Marianne (Amanda Bynes), a crente da escola, escuta a história e espalha para toda a escola, onde finalmente Olive começa a ser notada. A situação piora quando ela aceita fingir que fez sexo com seu amigo gay em uma festa para que pensem que ele é heterossexual e parem de persegui–lo. Isso leva Olive a se tornar a vadia da escola e a mentir mais ainda em nome de vários outros garotos.

Câncer » A Malvada

12-filmes-para-os-12-signos-do-zodiaco

O que dizer desse povo que vive num dos signos mais emocionais? Cancerianos são aqueles que protegem, que cuidam, que são praticamente uma mãe, mas assim… Não se confunda, a galera que vive debaixo da constelação do caranguejo tem um talento nato: manipulação emocional. Se eles sabem chorar, eles também sabem como te fazer chorar. Um conselho: não seja o crush dele, porque ele vai te fazer ser dele de um jeito que você nem vai perceber.

A Malvada (All About Eve) sintetiza esse ladro negro de Câncer, os choros falsos, os dramas, o controle e tudo o que se esconde por trás da carapaça do fofo-carente-triste canceriano.

Leão » Barbarella

12-filmes-para-os-12-signos-do-zodiaco

Leão é o egocêntrico dono do show. Se as luzes acenderem, pode ter certeza que é ele que estará debaixo dos holofotes. Leoninos adoram ser o centro, mas isso não os torna impossíveis de amar. Muito pelo contrário, Leão é um dos signos mais românticos e leais e gostam de ter alguém dividindo o seu lugar ao Sol com eles (põe a cara no Sol, mana!).

Isto é, contanto que você lembre que o lugar é deles. Vocês juntos serão as rainhas do axé, mas já está bem claro quem será Ivete e quem será Claudinha, né?

Mas vamos ao filme: O que melhor sintetiza o fogo, a beleza, o poder, e o espírito de luta/honra dos leoninos do que Jane Fonda salvando o planeta Terra lutando contra alienígenas, sem sequer bagunçar um dos fios de seu cabelo loiro?

Seriedades à parte, Barbarella é basicamente uma comédia erótica, eu sei, mas vale a pena. É um grande fan service que tornou Jane Fonda um sex symbol dos anos 60. Além disso, é superdivertido para quando você não estiver procurando um filme muito “cabeça”.

Virgem » Sherlock Holmes

12-filmes-para-os-12-signos-do-zodiaco

Criteriosos, detalhistas e perfeccionistas. Quem tem mais a ver com os virginianos do que o próprio Sherlock Holmes? Dividindo seu planeta regente, Mercúrio, com Gêmeos, Virgem tem um intelecto com precisão médica. Ele analisa, mas não idealiza.

Seu elemento é terra, então já se espera que a certeza e o concreto tornem-se símbolos de obsessão para ele. Eles não gostam de enigmas, mas gostam de resolvê-los , querem as respostas, querem a organização e querem tudo no seu devido lugar. Tudo isso converge da forma mais plena no personagem de Arthur Conan Doyle, que precisa – e consegue – decifrar os mistérios mais inexplicáveis, como o sumiço de um corpo de dentro de um caixão.

Libra » Eu Não Faço a Menor Ideia do Que Eu Tô Fazendo Com a Minha Vida

12-filmes-para-os-12-signos-do-zodiacoConhecidos por serem inconstantes e muito indecisos, os librianos irão se encontrar na personagem Clara (Clarice Falcão), que, literalmente, não faz a menor ideia do que fazer da própria vida. Ela está cursando Medicina por pressão familiar, e não por vocação.

Clara acaba guardando esse sentimento pra si e começa a matar aula em um boliche, onde conhece um garoto (Rodrigo Pandolfo) que decide ajudá–la a se descobrir, fazendo Clara testar diversas profissões nas suas manhãs, enquanto mata aula.

Escorpião » Kill Bill

12-filmes-para-os-12-signos-do-zodiaco

Escorpião, um signo de pessoas muito intensas, tão intensas que podem se tornar rancorosas, vingativas e defensivas demais. Que filme melhor do que Kill Bill para representar esse signo? No filme, A Noiva, uma assassina grávida, decide se casar e é traída pelo grupo de assassinos do qual fazia parte. Ao acordar de seu coma, cinco anos depois de ser atacada pelo grupo liderado por Bill, A Noiva quer se vingar das pessoas que quase acabaram com sua vida.

Sagitário » Curtindo a Vida Adoidado

12-filmes-para-os-12-signos-do-zodiaco

O sagitariano é o tipo de pessoa que gosta de curtir a vida, que quer sempre se divertir ao máximo e se aventurar em viagens e descobertas. Se Ferris Bueller fosse real, com certeza seria um sagitariano. Ferris quer aproveitar cada segundo da sua vida, mesmo que, para isso, ele precise quebrar algumas regras. No decorrer do filme, três adolescentes fogem da escola e fazem tudo o que querem por Chicago, tentando não serem descobertos pelos pais.

Capricórnio » Psicopata Americano

12-filmes-para-os-12-signos-do-zodiaco

Ambiciosos e persistentes, os capricornianos sabem que são destinados ao topo e não medem esforços para chegar até lá, mesmo que, para isso, precisem ser um pouco cruéis. Apesar de Patrick Bateman (Christian Bale) ser cruel demais quando encontra alguém melhor do que ele em sua profissão, ele acaba tendo muitas características de Capricórnio, como ambição em excesso.

Essa ambição faz com que ele tenha um apego excessivo às coisas materiais e ao dinheiro, além de, às vezes, uma pontinha de inveja daqueles que possuem mais bens do que ele.

Aquário » Weekend

12-filmes-para-os-12-signos-do-zodiaco

O “emocionalmente não disponível”. O que dizer desses aquarianos que mal te conhecem, mas nunca vão te considerar pakas?

Brincadeiras à parte, Aquário gosta de se ligar a grandes causas e quer mudar o mundo. Ao mesmo tempo, não sabe lidar com o íntimo do campo sentimental.

Lógico e às vezes frio (a Elza do rolê), o aquariano mesmo assim busca entender o que é essa grande interrogação que são os sentimentos. Aquário se personifica nos personagens principais de Weekend – o nada ordinário “romance” entre Russel e Glen dá voz aos enigmas que cercam os aquarianos na vida e em seus relacionamentos.

Assim como Russel e Glen, o aquariano busca entender seu lugar no mundo. Ao mesmo tempo em que busca entender os outros e busca amor, ele teme a intimidade e tenta ser crítico/analítico com aqueles que o cercam. Em uma semana, os protagonistas do filme desconstroem, por meio de sua relação um pouco das emoções que os cercam e que cercam os outros.

Peixes » O Fabuloso Destino de Amélie Poulain

12-filmes-para-os-12-signos-do-zodiaco

Um grande bola de emoções, sentimentos, e sofrimento. Piscianos sentem as dores do mundo e as suas próprias dores. Eles amam, choram, tentam impedir que os outros sofram e, por isso, sofrem junto. Se apegam com grande facilidade, o que, às vezes, pode ser inconveniente. Mas, nas situações adequadas, conseguem ser os melhores dos amigos.

Fantasiosos e cheios de imaginação, os piscianos têm no mundo seu palco. Portanto, quem melhor para explicar os sonhadores do que Amélie Poulain? Preocupada com o bem estar alheio, mas sempre perdida na sua própria visão de mundo, Amélie é um encarnação cinematográfica do que o pisciano idealizado é.

0 comentários

Isabela Freitas tem 25 anos, mineira, atualmente em São Paulo, mas vive mesmo no mundo da Lua. Gosta do número 7, amores de arrancar o coração, bichinhos de rua e músicas fofinhas. Ah, ela adora signos também. Sagitariana, teimosa, sincera, sonhadora, dramática e um pouco exagerada. Mas só um pouquinho. Autora dos livros "Não se apega, não" e "Não se iluda, não", e você pode comprá-los aqui. Juntos eles já venderam 500.000 exemplares e até hoje eu não acredito nisso.

Oi gente, tudo bem? Como vocês devem estar cansados – mas animados, né? – de saber, os Jogos Olímpicos vão começar a rolar, YAY, e eu resolvi vim aqui dar algumas dicas pra vocês sobre tudo que vai rolar no nosso país nesse tempinho tão especial. 

Assisto desde o ano passado os vídeos do Projeto O Brasil Inteiro Joga, que é uma série de vídeos falando sobre esse mundo dos esportes com os Youtubers favoritos de vocês. Alguns mostraram penteados criativos para usar durante partidas, ensinaram a fazer mini gol de PVC, teve #dica de look do dia pros jogos, e brincadeiras divertidas inspirados nos jogos. Vocês já assistiram algum deles? 

Teve vídeo da Niina <3 dando dicas pra festinha em casa pra entrar no clima dos Jogos:

 

,,

Teve a fofa da Bruna Vieira mostrando looks pra se movimentar: 

 

,,

Eles fazem parte do projeto e estão inclusos nessa! No site do projeto, uma coisa que me deixou com corações nos olhos é que existem mapas do Rio de Janeiro COM DICAS sobre os lugares mais legais para se conhecer durante sua estadia nos Jogos Olímpicos. Eu sou apaixonada pela cidade maravilhosa, vocês sabem, Juiz de Fora é bem pertinho, e eu sempre fui pro RIO desde pequena. E pra quem não conhece, isso vai ajudar bastante, ainda mais em um momento tão especial pro nosso país. 

Ah! Durante os jogos, o canal Castro Brothers vai fazer uma cobertura especial soltando vídeos TODOS os dias, e claro, quem conhece o canal sabe que vai ser um conteúdo bem diferente do que se passa na TV. Estou ansiosa <3 amo o canal deles! 

E pra finalizar, a minha última dica são os joguinhos divertidos que você pode jogar no site deles. Assim dá até para gente fingir que é atleta virtual! HEHE pelo menos assim, né? 😀

,

E aí? Animados? 😀 

15 comentários

Isabela Freitas tem 25 anos, mineira, atualmente em São Paulo, mas vive mesmo no mundo da Lua. Gosta do número 7, amores de arrancar o coração, bichinhos de rua e músicas fofinhas. Ah, ela adora signos também. Sagitariana, teimosa, sincera, sonhadora, dramática e um pouco exagerada. Mas só um pouquinho. Autora dos livros "Não se apega, não" e "Não se iluda, não", e você pode comprá-los aqui. Juntos eles já venderam 500.000 exemplares e até hoje eu não acredito nisso.

Viajar é uma das coisas mais incríveis do mundo! E só quem é extremamente apaixonado por viajar e conhecer lugares novos e ao mesmo tempo é apaixonado por fotografias irá entender a necessidade de conhecer instagrams que podem nos dar dicas e mostrar lugares incríveis para servir como motivação para novos destinos. Planejei tirar um ano da minha vida para conhecer lugares novos e interessantes e selecionei alguns perfis do Insta que me ajudaram a montar o meu roteiro! Espero que vocês se apaixonem por essas fotos assim como eu. Se gostar, vale dar aquele clique no botão Follow né? 🙂

O perfil @beautifuldestinations  possui 6,7milhões seguidores e mostra lugares lindos que você deve conhecer antes de morrer!! São fotos tiradas por vários fotógrafos pelo mundo todo e você também pode ter sua foto neste perfil através da hashtag #beautifuldestinations. Este instagram é uma verdadeira inspiração para fotógrafos profissionais (e amadores também) na hora de fotografar um destino novo.

O perfil da alemã Kristin Addis @bemytravelmuse possui 65,5mil seguidores e mostra suas viagens pelo mundo todo de forma divertida e atraente. Kristin já publicou 1.250 fotos e a maioria é de lugares verdes ou históricos. Perfeito para quem ama natureza e arquitetura antiga. Ela também possui um blog com dicas de viagens, caso queira ler aqui está: bemytravelmuse

@pedropavanato é Paulista e através do seu insta retrata a maravilhosa cidade de São Paulo (que é a minha maior paixão). Alguns de seus retratos em preto e branco são destaque de sua conta.  Seu perfil possui 65,9mil seguidores apaixonados por sua forma diferente de mostrar SP. 

 

Jodi Ettenberg é uma advogada de Indianapolis e dona do perfil @legalnomads  que possui 79,1mil seguidores. Ela resolveu viajar e ter o foco totalmente na gastronomia e faz cliques de pratos típicos ao redor do mundo. Além dos cliques deliciosos, ela escreve sobre carreiras alternativas para advogados e  faz cliques das cidades que ela vai.

 

 

A Melissa é uma garota tailandesa e se parece muito comigo por um simples fato: viajar sozinha! O perfil @girleatworld leva o nome de garota come o mundo (traduzindo do inglês) e é uma forma de registrar suas viagens junto com comida. Como ela adora viajar sozinha mas não é fã de selfies, resolveu registrar os pontos turísticos de onde ela foi com os quitutes mais legais e gostosos de cada lugar junto às paisagens do destino. O perfil possui 342mil seguidores. As fotos são incríveis! A ideia de combinar comida com paisagem foi algo que deu super certo e serve de inspiração para você, que assim como eu, não fica tão satisfeita com as selfies e não quer perder o clique do lugar lindo!

Qual perfil você mais gostou? Eu vou seguir a ideia da Mel e da Jodi hahaha! Se você tem um perfil de fotografia deixa o link nos comentários <3

3 comentários

Técnica em Informática pelo Instituto Federal de Rondônia, estudante de moda na UFG, 22 anos e blogueira. Escrevo sobre moda, culinária, decoração, viagens e o que vier na cabeça no blog http://anastaciakaziuk.com.br/home Redes Sociais: @AnastaciaKaziuk

Apesar de não me importar mais, de qualquer explicação que você venha me dar não me convença, nem lhe vitimize de qualquer culpa, eu quero te perguntar por que você me traiu? Me traiu só por trair? Me traiu por que se sentia vulnerável e por que a gente não estava em uma fase tão boa? Me traiu quando na verdade não queria, mas o impulso foi maior que sua pessoa? Me traiu por que eu não tinha tempo pra você, é isso? Foi um soco no estômago. Você me destruiu, LI-TE-RAL-MEN-TE.

Eu não queria te deixar ir, e mesmo depois do nosso fim, eu continuava fazendo aquele meu velho papel de trouxa. Eu te cobrava, passava na tua cara tudo o que você não foi capaz de me dar. Eu me consumia, dia e noite. Perdia tempo, me desgastava por absolutamente nada. Você era irônico nas conversas. Se fazia de inocente, jurava de pés juntos que não fez nada por mal, e que a louca nisso tudo era eu, que a culpa de enxergar as suas canalhices e seu jeito escroto de ser, era exclusivamente minha. Você sempre o certo, sempre. Depois que acabamos, passei dias pensando em como não pensar mais em você, porque por mais que você tenha me machucado, era você quem eu achava que deveria ser. Depois que acabamos, juro, tentei me ausentar. Excluir o teu contato do WhatsApp, apaguei as suas fotos do meu celular, te bloqueei no Facebook e fingi que não lembrava do teu número. Só fingi. Tudo que eu queria era distância de você, não receber noticias tuas. Meus amigos me diziam pra deixar de ser trouxa. Eu pensava: ”Será que ele já encontrou outra pessoa?”, ”Será que está por aí, curtindo?”. Eu me preocupava com o que já nem tinha mais a ver comigo. Eu tinha medo de ver o cara que eu escancarei o peito e me permitir amar, com outra pessoa. Tinha medo de saber que o cara que eu achava foda, fodeu com tudo e já estava sorrindo com outra.

Pra honrar o título de papel de trouxa, voltei atrás, resolvi te desbloquear no Facebook, adicionei novamente o seu número em meus contatos, me arrependi de ter excluído as fotos da nossa última viagem pro litoral do nordeste. Perdi algumas noites só pra ficar observando a sua última hora de visualização. E se você estivesse online, já era o suficiente pra que eu me sentisse péssima. Pensava: ”Ele encontrou outra pessoa, fodeu pra mim!” Era difícil admitir que o cara que me fazia sorrir, se transformou no cara que só me fazia chorar. Que o cara acordava do meu lado, poderia estar dormindo com outra, e o pior nisso tudo, não fez o mínimo de esforço por mim. É difícil admitir que o teu amor não quer ser mais teu, e que apesar das lembranças, não adianta insistir, porque quanto mais insistência, mais dor se acumula. Eu ficava sem saber o que fazer, se saia ou se ficava em casa mesmo, dormia mais cedo, sei lá. A impulsividade tomava conta de mim, eu achava que a tua ausência tinha que ser explicada, que o seu sumiço tinha que ser esclarecido. E novamente corria atrás de você. Era difícil aceitar os fatos e acreditar que o cara que eu amava foi mesmo capaz de acabar com tudo, esquecer de mim e além de tudo me culpar por isso. Eu achava que você não tinha o direito de me deixar enquanto houvesse amor em mim, mas a verdade é que você tinha. Eu que não tinha o direito de perder o meu tempo por tão pouca pessoa. Eu não me sentia satisfeita com a ideia de que você estivesse livre enquanto eu ainda me sentia tão presa. E mais uma vez eu me importunava, começava o dia com longas conversas que não davam em absolutamente nada, muitas perguntas não eram nem respondidas. Você me xingava, eu te xingava de volta. Eu iria pro trabalho sem paciência. Enquanto eu não me decidisse de uma vez por todas e seguisse em frente, eu sabia que continuaria ali, parada, confusa.

Eu me perguntava: ”Por que você fez isso?”. Você falou pra eu me virar com os meus sentimentos. Você falava em tentação, dizia que a carne era fraca, e que simplesmente, não podia fazer nada se alguém insistia em ficar com você. O tempo passou e as lições da vida apareceram. Eu amadureci, já não sou aquela trouxa que você conheceu, já não tenho aquela ingenuidade tamanha, e você tem um pouco de culpa nisso. Talvez você já nem seja o canalha de antes, duvido muito, mas vai saber. A vida vai te mostrar quem fez a escolha errada e por favor, não a culpe se alguém te decepcionar como você me decepcionou, porque estarei aqui pra provar que oportunidades você teve, só não soube aproveitar. Você poderia ser o amor da minha vida, mas preferiu ser a minha maior decepção. Eu sigo em frente, caminho reto, sem nem olhar pra trás. As perguntas que um dia te fiz e ficaram sem respostas, deixa pra lá, já nem me importam mais.

23 comentários

Tenho 24 anos, apaixonado por cafés, seriados e filmes de romance, mas amo cervejas e novelas se houver um bom motivo pra isso. Dramático, intenso e extremamente intuitivo. Leio horóscopo, sorrisos e corações partidos. Escrevo sobre casos, por acasos e acasos do amor, sobre boas lembranças e péssimas escolhas.

Oi, gente!

Essa semana, eu e a Bebela resolvemos fazer um esquema um pouco diferente na coluna. Como comentei com ela que estou num período muito tenso de volume de trabalho, e estava com dificuldade de parar para escrever uma coluna legal, ela sugeriu que eu publicasse aqui o vídeo novo do meu vlog, que gravei no final de semana e está entrando no ar hoje.

Para vocês entenderem, eu tenho um site sobre séries, o Halo Desfocado, que você pode conferir clicando aqui. E uma das formas de conteúdo do site, além das colunas escritas por diversos fãs que fazem parte da equipe, é o vlog, onde eu comento algumas séries em vídeo. Abaixo, então, deixo para vocês o dessa semana.

 

Falei sobre o final da 4ª temporada de Pretty Little Liars, e o início da 5ª. Li alguns comentários que foram feitos num tópico que abri no facebook, e respondi perguntas. Espero que gostem, compartilhem com seus amigos e inscrevam-se no canal!

Obrigada, e até semana que vem!

Fernanda Schein
Twitter | Facebook | Instagram

2 comentários

AVISO: Este texto contém spoilers do episódio 4×01!

   Estou me sentindo confusa. Eu adoro Teen Wolf e me apeguei bastante à série desde que decidi começar a assistir, no final do ano passado. Mas a medida que a série evolui, mais drogas parece que os roteiristas e produtores usam. Foi um episódio de estréia de temporada bem legal no quesito de que abriu novas tramas, mas também nos surgiu com mais coisas bizarras. Quando eu ouvi falar em "homens-jaguar" eu quase gritei. Não bastava toda máfia japonesa e criaturas místicas que já temos até agora?! Sem contar naquele home-espírito-múmia do final da temporada passada. Hahaha.

retorno-da-4a-temporada-de-teen-wolf

   Uma das coisas legais desse episódio foi a troca de ambiente, o que é sempre legal para dar uma sensação de "recomeço", quando se está trocando uma temporada. Ainda mais quando o final que precedeu foi tão marcante, com um acontecimento trágico como a morte de uma protagonistas. Sentiremos saudades eternas, Allison. Descanse em paz <3. Aliás, eu poderia descorrer aqui sobre como é complicado matar um protagonista e as razões que levaram à morte da personagem e o quanto eu detestei que ela tenha morrido, porque ela era uma personagem incrível… Mas, sinceramente? Isso daria quase uma coluna separada e seria muito deprimente, então vamos nos focar no que importa: o episódio atual!

   Como eu disse, tivemos uma troca de ambiente, já que começamos com Stiles e Lydia no México. Eu imagino que eles adorariam ser adolescentes normais e estar lá tomando um porre de tequila, mas sabemos que essa não é exatamente a situação, já que eles estavam lá para salvar Derek que estava – teoricamente, até então – sobre tutela da família Calavera, cuja qual eu ainda não entendi bem qual é sua missão, sei lá, no mundo. Justiceiros? Underdogs? No compreendo *sotaque mexicano*.

   Obviamente, Scott, Kira e Malia estavam junto na missão. Aliàs, deixa eu aproveitar aqui para comentar que já ficou clara a inserção das personagens novas no núcleo/elenco central da série. Elas apareceram na abertura nova (que tá linda! Adoro a abertura de Teen Wolf, e adoro o fato de que é uma das poucas séries adolescentes que ainda tem uma abertura e não só uma vinheta de cinco segundos.) e tiveram bastante destaque no episódio. Por favor, quem não quis dançar com elas na boate? Homens, mulheres, todos. Que cena sexy! Teen Wolf é uma série adolescente e com assuntos super atuais, acho legal trabalhar essa sexualidade implicita na geração dos persoagens.

retorno-da-4a-temporada-de-teen-wolf

    Bom, acontece que no final Derek não estava com os Calaveras, mas Lydia acaba sequestrada e Scott eletrocutado, enquanto Malia dava uma de coiote querendo deixar pessoas para trás, ou então comê-las. Que bom que não estão simplesmente tratando ela como uma adolescente normal depois de passar anos sendo um animal selvagem, e que bonitinho ser o Stiles a ajudá-la nessa transição. Acho eles bem fofos juntos. Se formos falar de casais, eu sempre shippei Stiles e Lydia, mesmo entendendo que há uma parte grande da fandom que acha que eles tem apenas uma relação de forte amizade. Eu não descordo, mas sou apegada à paixonite do Stiles na primeira temporada e à cena de beijo mais fofa que já vi, quando Stiles teve um ataque de pânico. Pela conversa dele e de Malia no carro, e pelas expressões de Lydia, acho que presenciaremos um triângulo amoroso interessante na série. Ou não. Quais as apostas de vocês?

   Também descobrimos que Scott é um "bom-alfa", mas quem não sabia disso? Afinal, ele é um alfa verdadeiro. Parece que a matriarca Calavera ficou feliz em saber disso, mas não tão feliz em descobrir que Kate Argent está, na verdade, viva. Ai gente, posso falar? Que preguiça. Odeio ela, acho uma das personagens mais insuportáveis que a série já teve, eu comemorei a morte dela e trouxeram ela de volta? E ainda lobisomem? Só me falta trazer o avô da Allison de novo. Aí eu desisto da vida. Aliás, a Allison e o pai são os únicos que prestam (prestavam, no caso da Alli :/ ) naquela família porque a mãe também me dava náuseas. Que Deus a tenha.

  E para deixar as coisas só um pouco mais bizarras do que elas já são, Derek deu um mergulhinho na fonte da juventude. O que foi aquele final? Fiquei pasma. Gente, Teen Wolf mexe com a cabeça da pessoa, é por isso que nos envolvemos tanto. Só o desespero de tentar entender tudo que acontece já basta para virar fã! E vocês, o que acharam do episódio? Deixem suas opiniões nos comentários!

E para quem quiser continuar falando um pouco mais de séries, minhas sociais estão abaixo. Um bom final de semana a todos e até semana que vem!

Sinceramente,

Fernanda Schein
Twitter | Facebook 

 

4 comentários

postportas

Toda essa casca de mulher desapegada e insensível? Ih, esquece. Falei mentira o tempo todo, isso mesmo, enganei todo mundo. Admita, eu mereço um prêmio. Quem consegue enganar tão bem assim? Atuar por tanto tempo como eu? É quase impossível, passa logo esse Oscar para cá.

Só os mais inocentes não notaram que minha máscara caiu há tempos e que minha maquiagem – sempre perfeita – se borrou. Sou o tipo de mulher que não pode ver um comercial de margarina apelando para um lado mais emotivo que já insiste em derramar lágrimas. Ta chorando por quê? Para com isso mulher, deixa de ser idiota. Deixo não, eu gosto. A sensação de me permitir ser sensível é gostosa demais. Ela é libertadora.

A verdade é que sou sensível, tipo, muito. Sinto mais do que o coração consegue e escondo mais do que um sorriso bem dado engana. Eu aprendi a ser forte, essa é a diferença. A vida para os que sentem em demasia não é nada agradável, aliás, ela é de todo um martírio. Nós que sentimos demais sofremos não só por nossos problemas, mas com os problemas de todos ao nosso redor. Sofro ao escutar que a amiga da minha vizinha perdeu a filha, sofro ao ver uma garota desconhecida chorando no ponto de ônibus, sofro ao avistar um cãozinho desabrigado na rua e ao ver um acidente no meio da estrada. Eu sofro muito e com tudo, quando na verdade o meu maior desejo era não me importar com nada.

Imagine só que beleza, que deleite. Em um mundo onde o sofrimento não tem fim, felizes são aqueles que não se importam nem um tiquinho. Que se levantam todos os dias, tomam o café da manhã com suas famílias perfeitas, vão para seus empregos perfeitos, tem um salário perfeito no fim do mês e não enxergam nada que não seja perfeito. 

Por um bom tempo tentei ser assim, tentei mesmo. Tentei me convencer de que não valia a pena se importar, de que os seres humanos eram fontes inesgotáveis de decepções e que meu coração não poderia se partir em mil pedaços, pois um dia poderia não conseguir se recompor. Que bobagem, tolice. Foi em vão. Foi fase. Igual adolescente tem sua fase de revolta, eu tive minha fase de falsa indiferença.

Sei que a ciência ainda não comprovou, mas acredite quando lhe digo, o coração de quem se importa é maior, mais resistente, cabe sempre mais uma decepção, e supera qualquer coisa. O coração de quem se importa está sempre pronto para a próxima batalha. Que venham mais uma cicatriz, mais um aprendizado, mais uma decepção pra alojar no quartinho dos fundos. Aqui não tem restrição alguma, é só chegar entrando sem pedir licença e tentar não fazer muita bagunça.

Quantas gerações serão necessárias para que as pessoas parem de olhar somente para os próprios umbigos e comecem a se importar com o que acontece às suas voltas? É difícil se permitir sentir compaixão? É tão difícil se comover com a dor do outro? Tudo bem, pode ser desafiador no começo, mas depois você percebe que quanto mais se permitir, mais a felicidade vai inundar seu coração. 

É como abrir uma pequena fresta na porta e deixar que todas as coisas entrem. Pessoas, sentimentos, emoções. Se permite abaixar a guarda por uns momentos. As pessoas boas vão fazer de tudo para passar pela pequena fresta, irão se espremer entre o vão, tentar caber na pequena abertura, e até quem sabe emagrecer uns quilos para conseguir entrar. As pessoas ruins vão perder a paciência no momento em que perceberem que o buraco é pequeno demais para que elas passem, essas pessoas vão se sentir maiores daquilo que você procura, vão achar que sua casa não é confortável o suficiente para elas. Pronto, aqui está a solução. Tudo aquilo que quiser permanecer, vai fazer força para estar ao seu lado. Mas se você não se permitir isso, pode ser que eles batam em outras portas pensando não ter ninguém na sua casa…

29 comentários

Isabela Freitas tem 25 anos, mineira, atualmente em São Paulo, mas vive mesmo no mundo da Lua. Gosta do número 7, amores de arrancar o coração, bichinhos de rua e músicas fofinhas. Ah, ela adora signos também. Sagitariana, teimosa, sincera, sonhadora, dramática e um pouco exagerada. Mas só um pouquinho. Autora dos livros "Não se apega, não" e "Não se iluda, não", e você pode comprá-los aqui. Juntos eles já venderam 500.000 exemplares e até hoje eu não acredito nisso.