Artigos do autor

12:20, cadê ela? Caramba, será que vou tomar um bolo? Vou ligar… Melhor não. Já sei, vou mandar uma mensagem; é, dessas despreocupadas. Ah, deixa para lá, ela já deve estar chegando. E também se ela não vier eu almoço sozinho, qual o problema disso? Sempre fui assim, sempre me virei bem sozinho. Não vou nem olhar para a porta porque não quero ver ela chegar, quero fingir surpresa ao vê-la. Ah, uma olhadinha não faz mal né? Olhei. Puts! Ela chegou, sorri. Sabia que não devia olhar. Ela está de vestido florido? Que é isso, ela quer que eu me apaixone? Não vou cair nessa, nem nesse sorriso, aliás que sorriso é esse? Só de olhar me faz sorrir também. Cara, se recomponha, você não é disso.


Como a conversa rola fácil quando estamos juntos, passaria o dia inteiro conversando com ela sem me cansar. Ela está me contando que se atrasou porque foi levar os irmãos ao médico, o quão sensacional ela pode soar para mim? Com certeza somos ótimos amigos… É essa minha mania de não querer se envolver, até quando vou conseguir? Estou bem assim, por que mudar? Talvez por esse jeito que ela joga o cabelo pro lado. Eu nem consigo disfarçar, tanto que disse que precisava cortar o meu cabelo; típico de cara que está encantado. Ok, sem essa de “encantado”. Não sou de me envolver, vou levar a conversa para um lado mais cômico. Não quer ficar vulnerável né, não quer mostrar que está afim dela. Velho, sai dessa. E essa mão estendida em cima da mesa querendo encontrar um par? Nada a ver. E essa sua mania de ficar desviando o olhar dos olhos dela, está mais que na cara que está com medo de olhar e ver que ali tem muita coisa das quais te encantam, que te cativam e que te prenderiam facilmente.  Encantam.. Cativam.. Que cansativo! Quanto clichê, quer ver vou olhar nos olhos dela.
Os olhos se encontraram, um silêncio se fez. Encarei aquele rosto de frente, meus pensamentos e minha briga interna pararam naquele momento, sorrimos juntos.  Balancei a cabeça como se livrasse de um literal encanto e desviei o olhar de novo. Terminamos o almoço sorrindo. Ela quis dividir a conta, charmosa como sempre. Neguei é claro. Cada um para o seu carro, um abraço de despedida. E antes de dar a partida, me encarei no espelho, sorri e disse para mim mesmo:

“Sai dessa, eu não sinto nada por ela.”

E seguiu com um sorriso no rosto pelo resto do dia.
34 comentários

Seja por medo, por insegurança, ou mesmo por pensar que era amor, quem nunca deixou de encarar uma realidade ou encobriu um defeito, seja de relacionamentos ou pessoas? Mas isso não é desculpa para parar de encarar os fatos e começar a quebrar a cara; enxergar a realidade as vezes dói e dói muito, mas se enganar dói mais, ser feito de bobo dói muito mais. Vou mandar a real para vocês sobre um mundo masculino que muitas de vocês sabem, mas as vezes parecem que não preferem não saber.

Sabe aquele cara que não te mandou uma mensagem no dia seguinte? Ele não sofreu um acidente, ele não está fora da cidade e está esperando voltar para te ligar, ele não perdeu seu telefone e se perdeu não foi sem querer. Ele simplesmente não te achou interessante o suficiente para escrever 20 caracteres com um “gostei de te conhecer”. Sabe aquele ex que te procura de vez em quando? Você é um simples step para um momento de solidão dele ou para quando ele cansar da vida de solteiro. E aquele que você acha que está super afim de namorar e tudo mais, mas ele nunca dá aquela investida, fica sempre com meias palavras? Ele não está tão afim de você e se você cair na dele muito provavelmente ele só vai ficar, você vai se iludir e ele vai seguir a vida dele sem se preocupar se você quer algo mais ou não.

A maioria dessas situações acontecem por culpa das mulheres, não dos homens. Não que eu esteja querendo proteger minha classe mas é a real, muitas vezes elas criam ideias que não existem por querer insistir em algo que ou não mostra futuro, ou ja está acabado há algum tempo. Sei que existem cafajestes que mentem para conseguir o que querem com as mulheres, mas esse é o seu caso? De verdade? Ele em algum momento disse alguma coisa que poderia fazer você acreditar em tudo que você está sofrendo por acreditar? E se sim, se você percebe que tem mais mentira que verdade em tudo que um cara diz, mais razões ainda para você se distanciar, sai dessa!

É uma questão de encarar a realidade por mais dolorosa que ela seja, ele está afim de você e quer algo com você REALMENTE? Invista, está liberado até você mostrar interesse, afinal por mais que muitas pensem que sim, mas não, nós não temos bola de cristal para saber o desejo de vocês. Mas se o cara realmente não está afim, a mensagem é clara, não se iluda. E sabe porque uma mulher ou um homem não deve se iludir? Porque o unico que se da bem com ilusão é mágico, ilusão NÃO vira realidade! Sua vida não é uma ilusão, então porque a parte amorosa ou mesmo qualquer outra parte da sua vida deveria ser?

Ficar se esforçando por migalha? Batendo na mesma tecla sendo que há tantas outras para se conhecer? Para com isso! Sou da opinião que se só você tem que ficar se esforçando, cedendo todo o tempo para ter alguém ao seu lado, essa pessoa não merece nem sua companhia, o que dirá seu carinho. Você sabe mais do que niguém qual é a real do que acontece na sua vida, seja um ex não superado, ou um cara que você acabou de conhecer. Os sinais quando se quer alguma coisa a mais entre duas pessoas são claros, quando sentiu-se que há algo mais acabam se os joguinhos de conquista, descem-se um pouco as barreiras. Então se as coisas não estão claras, não tente correr no escuro, você pode se machucar feio.

O que se tem por mais barato do que realmente vale é roupa em liquidação, livro em brechó e não mulher, então não deixa que te deem menos valor que você merece, essa é uma decisão unica e exclusivamente sua, afinal valor é uma das coisas mais reais que deve se ter em qualquer ser humano.

50 comentários

Essa não é mais uma história de como um garoto conheceu a garota e se apaixonou por ela.  Antes fosse, seria mais fácil de escrever e as teclas do meu computador não estariam sendo batidas com tanta força por conta da imersão em minha cabeça e da falta de palavras e entendimento que me assola.


Conhecer essa garota, tudo começa no “conhecer essa garota”. Conhecer ela foi com certeza um ponto alto em minhas “descobertas”. Abriu meus olhos para novos conceitos que antes eram turvos e embaçados por conta de preconceitos; preconceitos esses formados há tanto tempo que ja eram conceitos formados e discutidos por minha mente há anos. Mas então ela veio com esse sorriso de covinhas e esse jeito de falar e começou a mexer com a minha cabeça.
Me impressiona o quão pouco foi o tempo que passamos juntos e o quão isso foi o suficente para causar esse estrago nas minhas ideias. É, eu não era um cafajeste imutável. Admito, ela conseguiu passar por cima de todo meus julgamentos, rótulos e análises que me tornavam uma pessoa estritamente racional. Ela me fez irracional no campo dos relacionamentos, onde eu sempre tive tudo tão friamente calculado. Me fez pensar até que enviar flores não seria uma má ideia. (pensar nada, eu as enviei).


É claro que não comecei a pensar que essa coisa de amar era possível e toda essa baboseira de gente carente contemporânea. Seriam necessárias eras desses sorrisos sinceros dela para me fazer crêr nessa ideia, (eras esssas que não ligaria de passar olhando para ele) mas foi assim, de alguma forma ela apareceu, fez eu querer me aproximar, saber mais dessas covinhas e foi então que me surpreendi, ela não era desse jeito problemático que eu enxergava as mulheres, ela era.. Ela era.. A verdade é que eu tento até hoje entender o que ela era, aliás até hoje eu tento entender o que foi.


Amor à primeira vista? Não. Alma gêmea? Pára. Destino? Não acredito. Tudo isso não me fez derreter a minha geleira interior, ou virar um bobo apaixonado. Mas foi aquele toque de realidade paralela, onde existe algo que te faz pensar naquilo que você sempre pensou que nunca pensaria. É complexo.


Uma mistura de segurança, sorriso, distância. A vida te faz aprender que você pode ser invencível em todas suas guerras, mas batalhas, bem, é inevitável perder algumas. Principalmente quando seu oponente tem tão belas covinhas.


Se esta história tampouco começa como um romance, tampouco ela terminará com um final feliz. Depois daqueles dias nunca mais a vi, nunca mais ouvi sua voz, mas aquela confusão que ela fez com aquele jeito ímpar resultou em mudanças que por mais que eu as tente esconder existem aqui. Interessante a vida: não importa o quão fechado você seja, ou quantas barreiras você tenha. Ela te ensina que você não deve esperar que as coisas aconteçam, mas que elas acontecem.. E quanto menos você espera, mais fascinante fica.
21 comentários

O que eles pensam – Por Iago Annes


Beijos cinematográficos no meio do shopping, namorados dando comida na boca um do outro em meio a restaurantes e tantos outras formas públicas de demonstrar amor que me fazem ter certo enjoo. Um tanto quanto embaraçosas para quem olha.E eu fico aqui tentando entender essa necessidade de mostrar ao mundo que existe “amor” entre o casal.

A verdade é que hoje em dia nós vivemos em uma sociedade tão moralista, que se o cara não diz “te amo” todos os dias, ele não tem coração; se uma menina não gosta de flores, ela vai morrer solteira; e ai do casal que não posta juras de amor, é porque não se amam! É tanta carência que não basta ter um namorado ou uma namorada, precisa mostrar, é por isso que na minha opinião esses casais muito mela mela não duram. Ainda não entenderam que o que torna um relacionamento maduro, gostoso e duradouro é a segurança?

Mulheres; não estou dizendo para desvalorizarem seus homens ou serem indiferentes com eles, mas não  precisa ficar dizendo “eu te amo” em todas redes sociais possíveis, aliás não ouvir isso de forma tão fácil é o que torna as coisas ainda mais fascinantes. Homens; valorizem e muito suas mulheres, as conquistem, as encantem, façam dessa conquista algo só de vocês e não algo pro mundo inteiro.

Para mim quem é realmente feliz em um relacionamento, como casal, não se ocupa com essa perda de tempo em rede social. Um conceito: vocês gostam tanto e querem viver tanto romances de livros e filmes, em quantos deles vocês viram essas declarações exacerbadas publicamente? Vou falar que para mim quem deixa as coisas muito no público é porque falta muito na privacidade.

O que elas pensam – por Isabela Freitas


Se o amor realmente existe, não precisa ser provado. É possível perceber em pequenos atos, em alguns olhares e até mesmo na forma simplista em que o casal se comunica. Não estou dizendo que casais que gritam seu amor aos quatro cantos não se amam, não. Eles podem até se amar sim, e muito. Mas são inseguros. A insegurança é transportada para todas essas demonstrações patéticas e excessivas. Uma forma de esfregar na cara do mundo o quanto eles são “felizes” juntos. Me diz, para que?

Me arrisco dizer que aqueles que precisam muito se afirmar diante de todos é porque não tem certeza dos seus sentimentos. Às vezes eles mesmos querem acreditar em tudo aquilo que dizem, e eu entendo. Ter dúvidas é normal, mas tentar solucionar seus problemas com declarações exageradas em redes sociais não vai mudar nada. Conheço casais que sequer colocam “relacionamento sério” no Facebook e que estão juntos há mais de 7 anos. Se amam, se gostam e se respeitam. Possuem algumas fotos juntos em festas, viagens, eventos. Mas nunca os vi postando fotos de seus beijos apaixonados de língua e publicando o quanto são perfeitos juntos no mural. Gosto de relacionamentos simples, verdadeiros, sem complicações. Você e eu, eu e você. Não é preciso mostrar nada a ninguém, deixe que achem, deixe que pensem. Você tendo certeza dos seus sentimentos é o que importa.

Vai dizer que você não sente um desconforto quando se senta em uma mesa de bar e o casal que saiu com você não para de se beijar por um segundo? Cara, não é inveja, não mesmo (tem mulher que acha que é né!). Mas qual a necessidade de se beijar loucamente dentro de um bar ou até mesmo em um restaurante? Completamente desnecessário e certamente é algo que deixa todos ao redor desconfortáveis. Sempre fui muito discreta – isso é algo que nasceu comigo – então o que estou dizendo é mais uma opinião minha do que uma certeza absoluta, ok? Acho que momentos assim devem existir quando o casal estiver sozinho e que eles transformem isso em um momento deles, só deles. E que permaneça no tempo.

Você não precisa postar todos os dias no mural do seu namorado o quanto vocês se amam ou tirar fotos dando beijos apaixonados para que as pessoas vejam que vocês são felizes juntos. Mas peraí, vocês são felizes juntos? Usem essa força de vontade em demonstrar ao mundo o que vocês sentem para algo que realmente importa: seu relacionamento. Sempre prezei a discrição em meus relacionamentos e nunca fui infeliz ou amei menos por isso. Você pode sim tirar fotos beijando seu namorado, mas que tal guardar para vocês? Em vez de mandar um “eu te amo, você é tudo na minha vida” lá pra todo mundo ver, que tal sussurrar isso no ouvido dele? Te garanto, um pouco de discrição não faz mal a ninguém, afinal, a inveja tem sono leve. Ou como dizem por aí, ela nunca dorme..

O que estou querendo dizer é que o amor não é medido pelo tamanho da sua demonstração. Carinho pode ser transmitido através de um simples gesto de abrir a porta do carro pra ela ou até mesmo de abraçá-la quando ela está com frio. Geralmente os menores atos são os mais marcantes e o silêncio diz muito mais do que palavras bonitas. Pensem nisso.



Gostaram dessa nova tag ‘Dose Dupla”? Ela vai trazer pra vocês sempre uma opinião masculina juntamente com a minha opinião sobre algum assunto! Comentem e deem dicas pro próximo! Um beijo!

68 comentários

Homem e mulher tem um jeito engraçado e gostoso de se encaixar. Dois seres tão diferentes em tantos quesitos, complementares, e muitas vezes também tão antagônicos.

E nós criamos, necessária e providencialmente, este conceito de desapego, que nos ensina a olhar para dentro, antes de olhar para fora e gostar primeiramente sempre do que há aqui e depois do que há ali ou lá. Mas eu cresci ouvindo que por trás de um grande homem existe uma grande mulher e acredito que essa máxima seja verdade. Não que seja necessário se ter uma grande mulher para ser um grande homem ou vice versa, passamos dessa época já. Mas nós homens por mais casca grossa que sejamos, prezamos e muito o valor de uma coisa chamada cumplicidade. É algo que encanta qualquer homem (por favor, lembre-se homens e não moleques) uma mulher que te apoia,  não estou falando de mulheres que parecem mais personal trainers que ficam: “vai vai, levanta, vamos vamos..”, estou falando de alguém que compartilhe contigo suas felicidades e que em momentos de extremo fracasso esteja ali para pegar na sua mão, ouvir suas reclamações, passar a mão no seu cabelo e dizer um simples: “deixa para lá, não vale a pena”. Esse apoio que fica difícil explicar, mas que só grandes mulheres sabem dar.


24812916_large

Quando eu falo em grandes mulheres, falo de mulheres seguras. Não estou dizendo de modo algum que vocês tem de deixar suas carreiras para apoiar a nossa vida, essa ideia seria estúpida e totalmente contraditória em relação a capacidade que vocês tem, já disse isso em outros textos, nós homens nos encantamos por mulheres que tenham suas realizações pessoais e profissionais. O que não quer dizer que admiramos apenas altas executivas, famosas arquitetas ou advogadas contundentes, pelo contrário, o maior apoio com os melhores conselhos que eu já ouvi na vida vieram de uma senhora de mais de 60 anos que trabalhou quase que sua vida inteira como dona de casa. A questão é, não importa onde você esteja, o que você tem ou que você faça, ser grande depende de você.

Se por trás de um grande homem existe um grande mulher, com certeza por trás de uma grande mulher sempre existe um grande homem. Então não aceite pessoas pequenas que não consegue ver você brilhar, seria um engano e um atraso de vida. Um homem que não te apoia em suas realizações, vai por mim, não vale a pena. E vocês homens que estão lendo esse texto, apoiem suas garotas. Você não imagina o efeito positivo que essa sua confiança na capacidade dela vai gerar tanto para vocês como casal como para ela como mulher.

A lógica é simples: ou você se torna uma grande pessoa com grandes objetivos, ou estará “destinada” a viver  para sempre entre pessoas pequenas. Acho que você não quer ser esmagada não, é?

34 comentários

Não sei exatamente como falar sobre isso porque não gosto de dar opiniões massificadas e generalizadas sobre assuntos desse tipo. Sempre haverá um ou outro que dirá que não concorda e que há milhões de formas de pensar e até pensamentos que não se pode fazer check list quando se trata de humanos e relacionamentos, mas hoje vou falar sobre as mulheres e a conquista.

Sem pieguices e com muita realidade, preferimos mulheres que são mais difíceis de conquistar, e, quase via de regra, desprezamos aquelas que são fáceis demais. Se vocês permitirem a conquista em uma noite, vocês, muito provavelmente serão mulheres de apenas uma noite. Pode soar meio démodé isso, mas às vezes penso que tem coisas que não mudam e que nunca deveriam mudar na minha opinião. Deveriam não mudar porque independente se somos do tipo cafajestes ou do tipo apaixonados românticos, a conquista faz toda a diferença e é onde está toda a graça e o encanto desse “que” chamado homem e mulher.





Quando se conhece uma garota ela pode de primeira te agradar, como pode de primeira despertar um sentimento de incompatibilidade, mas quando ela desperta o desejo de conquistá-la, ai sim… Ai pensamos em várias maneiras de fazer isso acontecer. E existem razões diferentes pelo qual desejamos as conquistas e todas elas derivam da reação da garota envolvida. E não estou falando para você ser desse ou daquele jeito, tudo o que mais prezamos são meninas que são o que elas são. Aliás, se tem algo que nós homens gostamos é personalidade. Então nada de se fazer de nenhuma forma ou jeito para agradar a nós, seja você e deixe que seu jeito real nos conquiste para que possamos ter mais vontade ainda de te conquistar.

Quando chegamos perto de vocês seja na balada, em um barzinho e até mesmo no meio do central park não estamos querendo te pedir em casamento ali mesmo (pelo menos não sóbrios), e nem vamos te agarrar à força. Sejam educadas, conversem, sejam vocês mesmas e nos deixe fazer nosso papel de homem enquanto vocês farão seu papel de mulher moderna, demonstrando seu valor, suas ideias, conceitos e realizações (nos encantamos por mulheres que almejam crescer e terem consquistas sejam profissionais ou pessoais).

Esqueçam essa ideia de que mulher tem que “se fazer de difícil”, não é isso que queremos. Queremos mulheres de atitude e independentes, que não vão de encontro às suas vontades e que não se preocupam com o que iremos pensar. Gostou de um cara? Fica. O que não pode é se entregar. Você pode ficar na primeira noite mas nunca se entregar na primeira noite. E não estou dizendo no sentido carnal, estou dizendo no sentido de sentimento. Acreditem, existem mulheres que na primeira noite já estão planejando o casamento..

Deixe os pre-conceitos de lado posso pedir seu telefone ou te dar o meu anotado em um guardanapo; se tivermos gostado manteremos contato; se não, bom para ambos. Não se preocupe com o que poderia ter dado certo e não deu; poupe seu tempo, desgaste e mensagens. Se você mandar uma mensagem e não respondermos, sorte a sua! Não sabe a furada de que estamos te livrando! Se demorarmos a responder, demore também. A dificuldade é primordial para a conquista. Quanto maior a dificuldade, maior é a vontade de vencer a guerra.


Entenda a linha tênue entre ser difícil e ser difícil e mal educada. Uma coisa é você ser difícil e ir cedendo aos poucos, dando espaço para a conquista. Outra coisa é você ser difícil e tratar mal todos aqueles que tentam se aproximar de você. Isso não te faz melhor do ninguém, aliás, desconfio que uma garota desse tipo acabará sozinha um dia, na boa, é uma honra não conversar com você. Ou vai encontrar com um cara que ature toda sua chatice, mas que muito provavelmente não será tão fiel quanto você pensa, porque ninguém gosta de mulher chata.

Conquistas fáceis não são valorizadas e não há soldado querendo se alistar em guerras vencidas. Lembrem-se disso. Nós homens queremos mulheres que nos fazem querer conquistá-las todos os dias…
55 comentários

Já perdi a conta de quantas pessoas conheci que já encontraram o amor da sua vida; uma pessoa perfeita! Perfeita? Pessoa perfeita? Ninguém é perfeito, se toca. Isso é pura carência e necessidade de estar com alguém. E ah,  tem prazo para acabar.

Desculpa se soa muito nu e cru, mas é a verdade. Tudo aquilo que é muito meloso, cansa. Cansa porque equilíbrio é algo que precisamos, seja qual for o relacionamento que estamos nos envolvendo. Antes que digam que isso é algo totalmente frio e insensível da minha parte, deixo bem claro que sou a favor de demonstrações se você realmente amar alguém. O que não quer dizer que eu vá apoiar idealizações contemporâneas de gente que se entrega de corpo e alma por carência.

Vamos parar com essas idealizações contemporâneas de amor que os filmes e os livros de romances colocaram em nossas cabeças. Pode ser sim que você troque cartas com alguém como o John e a Savanah, ou que você se apaixone pelo seu amigo como Dylan e Jamie, mas você também pode viver 500 dias com uma pessoa e só depois entender que ela não sentia simplesmente nada e você não enxergava isso por uma idealização da sua cabeça. Temos que encarar a realidade e parar de atribuir explicações mágicas e inimagináveis. Não vejo nada como destino, tudo é resultado das escolhas que fazemos. Pode dar certo tanto quanto pode dar errado. Vamos em frente!

Deixe a vida acontecer. Sabe qual a única pessoa que não vai conseguir viver de jeito nenhum caso você morra? Você mesmo. Então sem essa de acreditar em todas aquelas frases melosas que escutamos por aí “Não vivo sem você!”. Vive sim! Parem com essa ideia de que é preciso dois para ser feliz, quando você entender a sua essência e o que você é como pessoa, aí sim talvez você tenha cabeça e sentido para agregar, somar na vida de outra pessoa, e mais, você entenderá o que uma pessoa tem de ter para somar na sua vida. Relaxa, ninguém consegue seguir isso a risca e erros são inevitáveis, mas eles sem dúvidas nos ensinam o que é realmente acertar.

Sabe como se mede o valor de uma coisa? Pela dificuldade que temos em consegui-la. E quem constrói seu valor? De novo, você. Então se valorize e organize esses seus pensamentos. Todos somos um pouco carentes às vezes, mas não precisamos transformar isso em decepção! 

Carência não é um sentimento duradouro, então construir qualquer coisa em cima de algo tão efêmero é, na minha humilde opinião, estupidez. A real é que ninguém sabe o que vai acontecer. Conheça pessoas novas, mas não vá se agarrando ao primeiro sorriso ou ao primeiro par de olhos que se oferecer a você. Eles podem não passar de uma noite. 

31 comentários

Hoje meu despertador tocou eram 7:00 em ponto. Demorei a perceber que ele estava tocando em meu criado mudo e que ia me livrar de mais um desses sonhos divertidos e engraçados que ando tendo. Logo acordei, me espreguicei e então sai da cama, liguei a cafeteira enquanto fui tomar um banho para começar mais um dia, coloquei aquela camisa azul que ganhei dela no nosso último aniversário de namoro. Tudo bem, podemos falar dela, nao tem problema nenhum! Me vesti, tomei meu café e desci para pegar meu carro na garagem ao lado da vaga vazia onde ficava o carro dela, a ideia foi instantânea na minha cabeça: agora tenho uma vaga para colocar aquela Firebird que eu tanto queria e ela não achava seguro e morria de medo de eu ter, foi minha teimosia que a fez ir embora então nada mais justo que a minha teimosia me presentear agora.

Fui para meu dia curtir todo meu sucesso profissional. Sabe, batalhei muito para chegar até aqui, para conseguir liderar esse mercado de publicidade; é prazeroso chegar na minha empresa que conquistei com tantas noites viradas com meu sócio discutindo novos clientes, novas soluções. Que orgulho é chegar até aqui e ver tudo isso que conquistei.

Recebi os novos funcionários, fiz um discurso de boas vindas e atendi aqueles clientes importantes e antigos que insistem em tratar apenas comigo. Agora com mais tempo livre estou podendo dobrar o tamanho dos negócios e executar essa paixão que é meu trabalho.

Cheguei em casa à noite, peguei meu whisky 12 anos, coloquei em um copo com três pedras de gelo para curtir o silêncio que eu nunca conseguia ter. Eram tantas discussões e cobranças que não conseguia ter paz e sossego, agora esta tudo ótimo, esta tudo muito bem..

Quer saber a verdade?
Isso não é a narração de uma história onde o mocinho esquece a mocinha. Isso aqui é uma carta para você, uma carta quase perdida..

Meu despertador não tocou às 7:00, na verdade meu despertador nem tocou; não preciso mais de despertadores já que dificilmente consigo dormir. Meus sonhos na verdade agora são pesadelos que vivo acordado, pesadelos misturados com o silêncio que este apartamento ficou sem sua voz e sem a luz que ele tinha com seu olhar e seu sorriso.

E é verdade o que você dizia, o mundo viveria se eu não me matasse de trabalhar. Sei disso porque desde que você se foi minha frequência na agência diminuiu muito, mas mesmo assim ela continuou a crescer sem problemas. Sabe.. Sua falta me fez perceber o quanto você é importante, você não era só uma mulher, você fazia parte de minha felicidade. Só que eu não sabia disso..

Você disse só para eu te procurar quando eu soubesse minhas prioridades, e você foi enfática. Foi para tão longe, tão longe, que só se eu fosse um completo sem amor próprio eu iria atrás, e você sabe que eu não sou. Tudo bem, um pouco de esforço da minha parte surtiria um significado de vontade, mas precisava ser Londres? Você quer que eu me humilhe e vá onde nos conhecemos, que eu vá como o maior apaixonado romântico e você sabe, eu odeio tudo isso.

Mas sabe por alguns dias eu me consolei com ”I’m gonna find another you” do John Mayer, deixando que meu orgulho me fizesse companhia e tentando acreditar que você não era tudo isso. Mas quem estou querendo enganar? Com certeza eu conseguiria continuar minha vida sem você, mas quem disse que eu quero? Isso nao é um caso de carência, que fique bem claro, carência é algo passageiro e minha vontade de ter você é mais sincero que isso.

Agora que você acabou de ler esta carta, põe teu casaco, está nevando aqui fora. Saia por essa porta e me encontre naquele PUB em que vi pela primeira vez teus olhos, sim, eu me rendo a um pouco de romantismo e paixão por você. Eu cedi ao meu orgulho e peguei o primeiro avião para vir te buscar.. Vamos ficar por aqui e viver aquela ideia de recomeço, aprender tudo de novo em um lugar novo. Minhas prioridades mudaram, agora minha prioridade é fazer feliz quem me faz feliz, você.

Espero que essa não seja só mais uma carta perdida..

52 comentários