seja-um-agricultor-do-amor

Tem dias que a única coisa que a gente quer é sumir, ir para um lugar onde não possamos contatar uma pessoa se quer. Mas há dias que o sol passa pela janela e avisa que é hora de espalhar amor por aí. Hora de espalhar abraços em forma de sorrisos. Hora de espalhar beijos em forma de olhares. Que dia maravilhoso esse.

Sempre nos foi dito que se você planta o bem, você colhe o bem, mas cadê os agricultores do amor? Lembra quando seu professor preferido lhe ensinou a plantar um feijãozinho no algodão? Era preciso um copo, um algodão, um grão de feijão e mais alguns componentes. Uma plantação de amor necessita de apenas dois, um ser para dar e outra para receber. E se for você o receptor, se dê o trabalho de no mínimo ser grato. 

Existe a plantação de arroz, a plantação de milho, a plantação de frutas e existe a plantação do amor. A plantação do amor não tem limites, a plantação do amor é de uma diversidade incrível. Cultive paz, solidariedade, gentileza e todas as outras formas de se levar sentimentos bons pelo mundo. Pense no amor como na natureza, atos, mesmo que pequenos, são super impactantes. Opte por impactar de forma positiva na vida das pessoas.

Quando não existir mais espaços para plantar amor, é sinal de que você já colheu toda a gratidão que existe no mundo. Se não for seu caso, continue no trabalho, que uma hora o destino vai se encarregar de retribuir tudo isso. Acredite, agricultor.

Ps: O amor é, sem dúvidas, um dos maiores sentimentos que as pessoas podem sentir. Mas apesar de tão forte, com pequenos atos é possível demonstrá-lo. Plante-o!

11 comentários

Não tantas primaveras, mas muitas histórias. Carioca, futuro estudante de cinema, youtuber, fotógrafo nas horas vagas, escritor em outras, e pai de um bulldog francês, o Frederico. Apaixonado por compartilhar sentimentos em forma de imagens e de adquirir conhecimento sobre outros mundos. Se você se identifica, garanto que vai gostar de me acompanhar nas minhas redes sociais, te vejo lá!

Deixe seu comentário

  1. Nairiany AlencarResponder

    Ameiii o texto , parabéns �❤��

  2. M.EstrelaResponder

    Ótimo texto, adorei a forma como falou d amor sem ser ‘meloso’!!

  3. Gabriela Dahmer CoitinhoResponder

    Oi Marcos, já pensou em escrever um livro? Se tu lançar eu compro. Guri que texto lindo, pequeno, simples, mas com um grande significado. Adorei e super concordo com o que diz.

    As vezes é um pouco difícil, mas com perseverança eu chego lá…

    Beijos,
    http://gabydahmer.com/

  4. Solleny Responder

    Que lindo, adorei ler isso 🙂

  5. Marcos SenaResponder

    Fico feliz em saber que gostou, Solleny.
    Mil beijos!! (:

  6. Marcos SenaResponder

    Oi Gabi, você não sabe o quão feliz seu comentário me fez. Na verdade, tenho planos de escrever um livro mais pra frente, quem sabe haha
    Obrigado, viu? Mil beijos! (;

  7. Marcos SenaResponder

    Ahh, obrigado!! (:

  8. Marcos SenaResponder

    Obrigadão, Nairiany. Abraços!!

  9. Gabrielly NoemiResponder

    Muito lindo, você escreve com o coração! ♥♥

  10. Marcos SenaResponder

    Obrigado, Gabi

  11. Hillary Torres Responder

    Nossa, que amor. Você escreve de uma forma… traz paz! �
    Parabéns, ficou incrível!!!! Avisa quando ando lançar o livro. hahahah �