Quando estamos apaixonadas queremos de algum modo demonstrar esse amor. Com palavras e atitudes, o importante é fazer com que algo invisível como o sentimento, tome forma e seja visto. As loucuras de amor são uma forma de fazer com que o amor ganhe formas. Às vezes de modo bem sucedido ou um fiasco total. O importante que demonstrar é uma das coisas mais prazerosas no amor, independente do resultado. E quem nunca fez uma loucura de amor? Quem nunca fez, não sabe o que está perdendo! #euadoro #eumeamarro

Por isso, conversando com meus amigos, encontrei um bando de loucos (que nem sempre são corinthianos), mas que me contaram seus casos. Como eu não sou cofre para guardar segredos, vou espalhar! #isittoolatenowtosaySORRY

  • CONHECER A FAMÍLIA

Desde quando conhecer a família do (a) namorado (a) é uma loucura de amor? É uma forma de dar forma ao amor pelo outro e uma loucura por motivos que irei destacar. Namoro se resume a duas pessoas e lá vai você conhecer pai – mãe – tio cachaceiro – prima – cunhado tarado – vizinha fofoqueira – cachorro que já morreu-cachorro que está vivo – cunhada – madrasta – a amante – o filho bastardo da família do seu atual. Se você está namorando sério ganhou de brinde a família do seu amor para opinar no namoro de vocês, a “obrigação” em ter que participar dos eventos coletivos, amigos secretos sem a menor graça, quando não aquelas ligações para desejar feliz aniversário para alguém que você tem pouca intimidade para falar um Oi que dirás o resto.

Um bom caminho é a amizade, sem forçar barra. Na amizade todos esses brindes indesejados do relacionamento vão se tornar verdadeiras gostosuras! Agora, para conquistar essa amizade não vá inventar de fazer bolo com a mãe do namorado se você nem sabe cozinhar para fazer média com a coroa que NÃO VAI DAR CERTO! Ou você, que quer conquistar o sogrão, chama o velho para fazer um churrasco, sendo que você não sabe nem a acender uma brasa! Tenta a amizade de maneira suave e sincera, sendo VOCÊ MESMO. Por mais babaca-imbecil-legal-gente boa que você seja, elas têm que gostar de você do jeito que você é (e vice-versa).

Obs: Se o namoro não tem chance de vingar, não faz isso, sua louca! Por que além de terminar com o boy, você tem que terminar com os familiares dele também!

Obs 2: Conquista logo a sogra, que todo o resto fica fácil.

 

  • FAZER TATUAGEM

Já vi tantos casais que resolvem demonstrar o amor fazendo uma arte no corpo e a tatuagem é em 99,9999% dos casos a opção mais escolhida. Contudo, em 99,999999% não é lá a melhor coisa a ser feita. Você poderá se arrepender e cobrir tatuagem, que é um processo doloroso e traumático. Apagar então, uma fortuna. Então, pense muuuuuuuuuuito antes de fazer este tipo de loucura. Agora, amigo, se você estiver decidido a fazer uma tatuagem para sua amada, faça um símbolo, um desenho, por que caso o namoro termine, você não estará com o nome de um ex no seu corpo. Seja louco, mas não BURRO! #jápasseiporisso

 

  • GÊMEOS SIAMESES

Nada de ir para os programas do namorado com os amigos dele. Acha mesmo legal ver o boy jogando bola e falando bobagens e você lá na arquibancada com cara de cão de guarda? Piorou, imagine só, ele, indo ao shopping contigo quando você vai fazer compras ou ir ao cinema com suas amigas! Vamos parar com isso??? Casais! Melhorem! Mas Cal, se eu parar ele vai ficar muito solto, ele pode me TRAIR!

Anota ai:

“Trair e coçar é só começar e pode ser em qualquer hora e qualquer lugar.” Crispim, Cal, 2016.

Queridos, não adianta dar uma de siamês que traição é desvio de caráter e não oportunidade! Se o cara quer estar contigo, ele vai estar. Se quiser trair, vai trair. O importante é vocês viverem como um casal, ter seus momentos de amor, mas sem aquela cena clássica: Amor, vou ao banheiro, vamos comigo?

E lá estão os dois de mãos dadas no toilette. #mepoupem #piorqueéverdade

Muito cuidado na quantidade de aproximação, não podemos querer ser o outro. Apesar de vocês serem um casal, a individualidade de cada um deve ser preservada. Cadê a personalidade? Cadê ser VOCÊ MESMO? Você deve participar da vida do seu namorado e ele da sua, mas não se esqueça que você é você , e ele é ele.   

Entendam a diferença entre estar com o outro, e estar contido no outro. Estar contido, aonde você for, vai ter o seu (a) amado (a) dentro de você, e isso é suficiente para serem um bom casal.

  • SE DECLARAR PARA SEU MELHOR AMIGO

Quem nunca se apaixonou por um amigo?  #quemvaiseapaixonarpeloinimigo #temqueseroamigomesmo

Pior do que se apaixonar por seu melhor amigo é tentar demonstrar que está apaixonada. Geralmente, escondemos o sentimento, enterramos a sete chaves e a última opção é confessar. Só que nós não fazemos parte da minoria, nós, as pessoas que fazem loucuras românticas, nos declaramos! Compramos o perfume ou uma roupa que ele goste muito. Ou (na lata!) um coração que vem escrito: Eu te amo. Cartões com mensagens de amor e ele… NADA DE PERCEBER!

Aos garotos apaixonados pelas melhores amigas: vocês levam a garota na porta de casa, seguram a respiração quando abraçam, rola um beijo no rosto, e você confessa que você ficou com vontade de nunca mais lavar a bochecha na vida. Compra o chocolate que ela gosta, faz piadas para a amiga rir até chorar, e ela… NADA TAMBÉM!  Quem nunca? #eunão #mecontaram

Depois de viver tudo isso o que lhe resta é a certeza que ou ele (a) ainda não sacou seu sentimento ou tão somente finge-se de desentendida (o). Pode bater na pessoa para ela sacar? NÃO! E o que acontece depois? Você vai fazer o que não fez, falar a verdade, que pode ser assim: Você é linda (o), eu gosto de você, mais do que eu queria gostar. Eu sei que você é meu (a) amigo (a), mas eu não consigo mudar o que sinto. Eu gosto de você, mais do que um sentimento de amizade. Acho que é amor.

Não tem como saber se ele (a) vai gostar, se vai se afastar de você ou casar contigo daqui a duas décadas. Fato é que às vezes externar o que sentimos é melhor do que ficar guardando dentro da cabeça e do coração. Se você não falar, a resposta sempre será NÃO. Ao passo do fazer, abrem as portas para mais duas opções, o TALVEZ e o (tão sonhado) SIM. #confessojáfiz #comigodeucerto #prontosoulouca

 

  •  PRESENTES INUSITADOS

As vezes exageramos na dose do gostar de alguém. Queremos tanto que a pessoa amada saiba do seu amor por ela que acabamos errando na medida. Alguns exemplos: colocar carro de som na frente da casa da namorada, com direito a música romântica, fogos de artifício e buquê de rosas (hêeeeee coisa mar brega! môdels). Tem também os presentes bizarros como dar um dente seu para seu namorado. (HÃM?), uma mecha do cabelo cortado #desculpameubem, até um pingente com gotas de sangue (se você namorar um vampiro, pode dar). Pra que isso mesmo, hein gente?  

Ainda tem aquele grupo de loucos que gostam de ser românticos com a conta bancária, como se pudesse comprar o amor. Esses são do tipo que compram um cachorro de raça rara e presenteiam. Ou aquele gato caríssimo e feio “bagarai” e entrega no dia dos namorados. Ou do tipo que gasta o salário inteiro em um presente, mesmo ficando o resto do mês na pindaíba.  Compra um celular lançamento, um carro para a namorada (eu quero um namorado desses, que dá o carro, o gato eu dispenso!) e por ai vai…

Gente, vamos com calma. Existem milhões de formas de fazer loucuras ao presentear, mas na maioria das vezes seu parceiro quer atitudes e nem sempre presentes mais caros são os melhores. Sabe, aquela ligação telefônica? Só para dizer que gosta mesmo, que ama de verdade, aaaaaaah, essa loucura vale mais que um perfume caro.

Mas não vou ser hipócrita, eu aceito qualquer presente. Não estou aqui para recusar! Repetindo: Qualquer presente, menos o gato!

  • RECONQUISTAR UM EX

Loucura, romantismo, chame do que quiser, mas tem coisa mais insana do que tentar reconquistar alguém? Se o amor valeu a pena, se existe a possibilidade de volta, corra atrás do que você quer! Se ele (a) é seu (a) ex, você saberá bem exatamente o que fazer. Se você quem pisou na bola durante o namoro, saberá também o que não fazer para dessa vez dar certo. Agora se ele (a) não lhe quer de jeito algum, pare de dar asas em um relacionamento sem futuro. Nenhuma loucura será suficiente e você sairá menos machucado (a). Não vai nessa de “eu confio no meu taco”. Talvez ele (a) nem goste de taco! Perde tempo não! #focanadica

  • AUTORAL

Tem presente melhor do que dar algo inédito? Algo que ninguém poderá presenteá-lo (a) de igual modo? Por isso que apostar na produção própria é um trunfo inalcançável. Sou suspeita para falar, pois das loucuras de amor, essa é a minha favorita. Então gata, vá por mim, não há nada mais sincero do que tirar de dentro de você uma ideia e colocá-la em forma concreta. 

Faça uma música, demonstre o que você sente em palavras e melodia. Você não sabe cantar ou tocar? Escreva uma carta, um poema! Hoje em dia as pessoas têm se apropriado de textos de outras pessoas, pensadores como Caio Fernando Abreu, Clarice Lispector e por ai vai, para demonstrar seus sentimentos. É válido, mas sejamos autorais também! Coloque no papel o que você sente e mostre para seu (a) namorado (a). Se for tão difícil assim, está bem, escolha uma música que defina suas sensações e peça para que ela (e) ouça, deixando claro que seria como se fossem suas palavras para ela (e). Reúna fotos de vocês juntos e faça um álbum.  Em um quadro com imã magnético, talvez. #jáfizisso #sensaçãomaravilhosa Tente dar suas formas para seu amor e nada de control c + control v na ideia dos outros. Seja você autora das suas histórias e compositora das suas emoções.

  • VIAGEM

Vivemos em dias tão corridos, estressantes e sem muito momento para paz. Aproveite o caos para planejar um momento com seu amor. Viagem é uma das opções mais prazerosas e favoráveis. E desde quando viajar é loucura, Cal? Desde que essa bendita geração nossa se prendeu a mundos virtuais, relações cada vez mais distantes e jornadas de trabalho exaustivas.

Invista em vocês dois, em um momento longe dos seus amigos (pode ser com amigos também, mas faça a trip). Escolha um cantinho para vocês chamarem de SEU! Escolha uma cidade, um lugar que possam desfrutar da privacidade e do romantismo que viagens como essa pedem. Isso significa que você se preocupa com o relacionamento, que vocês precisam de momentos de muita paz e amor. E se possível for, com a menor quantidade de mídias/redes sociais possível.

 

  • ROMANTISMO A MODA ANTIGA

O romantismo virou algo brega ou fora de moda.  Ser romântico é constrangedor e embaraçoso (lógico, para alguns não). Para nossa geração, demonstrar sentimentos é equivalente a sinal de fraqueza emocional ou carência. E como vamos continuar assim? Como vamos amar assim? Tá ficando difícil, galerinha.

Tem coisa mais gostosa do que fazer alguém feliz? Por que o medo? Faça alguém sorrir, ainda mais se esta pessoa te faz feliz também. Nada como a reciprocidade! Aposte no romantismo, à moda antiga. Café da manhã na cama, andar de mãos dadas ou abraçados. Pétalas de rosas no chão, velas e vinho para uma noite de amor. Abra a porta do carro, deixe-a entrar primeiro nos ambientes e por que não a cordialidade ou o cavalheirismo?! Sem segundas intenções, ou talvez pela louca intenção de fazer o outro FELIZ E PRONTO! Diga: EU TE AMO! (quando tiver certeza que ama) Não tenha tanto medo dessas três palavrinhas. Faça se você tiver a sinceridade e a coragem de assim fazer! Lembremos que o amor não sai de moda!

 

  • PEDIDO DE CASAMENTO – MORAR JUNTOS

Uma das sensações mais deliciosas do mundo é você demonstrar que quer passar o resto dos seus dias com a pessoa que você ama. Como também é maravilhoso ter a certeza que tem alguém disposto a estar ao seu lado por toda a vida. Então, caso tenha certeza, compre as alianças, seja de alumínio, de coquinho, de prata, de ouro, seja se ajoelhando, colocando dentro de uma taça de vinho branco, de um pedaço de torta, seja como for o pedido, faça-o! Por que não fazer? Não perca a oportunidade de sentir seu coração ser tocado por alguém ou de tocar o coração de alguém, isso dá sentido a vida.


Passeamos por este manicômio emocional, vimos coisas a serem feitas e não feitas também. Agora você pode estar pensando: Mas essas coisas todas nem são tão loucas assim! E já que não são, por que não praticá-las? Encontre-se com seus medos, suas insanidades e equilibre-se na corda-bamba das emoções e dê o formato que achar melhor para seu amor. O tempo passa tão rápido e perdemos várias chances de sermos plenamente felizes por medo de simplesmente arriscar. Se ser feliz inclui algumas loucuras, como as citadas acima, sejamos loucos de vez em quando! De gênio e louco, todo mundo tem um pouco.  Não já citaram isso por ai?

Se você lembrou de alguma loucura que fez por amor, conte-nos nos comentários.

 

7 comentários

Sou musicista (sem banda) Escritora (sem livro) Professora de Educação Física (que ama batata... frita!) Dependente química em Seriados e chocolates (sim, no plural!) Colecionadora de livros, gibis e cds (aceito presentes!)  Apaixonada por Beach Tennis (meu escritório é na praia;) Adoro escrever (principalmente escrever o que penso entre parenteses).  Soteropolitana, nascida e criada em Salvador-Bahia (com grande antipatia por axé e cia. ltda)  Ciumenta com meus familiares, amigos e amores  #soudessas #adorohashtag #xerudacal Agora sim, me fale mais sobre você? ... 

Deixe seu comentário

  1. Isabella ChagasResponder

    Como sempre, eu, atrasada para comentar (o post já deve ter milianos) mas sincera e humilde to aqui. Meeeeeeu, preciso contar que já fiz de tudo um pouco sobre o tema acima, eu já exagerei, já segui, já reconquistei ex, já quis amor a moda antiga, já virei gemea siamesa do meu atual da época (não é pra tanto que eu me identifico nas histórias de amor da Isa, e de muitas outras né?!) mas uma coisa é verdade, e eu concordo com a Isa “o amor vem pros distraidos” não vale a pena se matar não por relacionamentos, deixa ser.

  2. ISABELAResponder

    ISABELA

  3. ISABELAResponder

    ISABELA

  4. ISABELAResponder

    ISABELA

  5. GiseleResponder

    Sou fã desde sempre, muitooooo bom Cal quero mais, curti muito e rir bastante. Vc sempre sucesso! !!

  6. Cal Crispim FalckResponder

    Obrigada, Gisa!!
    Dá cá um abraçooooo

  7. Bruna MartinsResponder

    Realmente entre loucuras e loucuras de amor a gente segue sendo louco, até porque melhor louco e feliz do que sã e infeliz não é mesmo. Obs: Me lembrei da loucura da namorada do Gabriel no livro não se apega não. Kkkk Realmente dizer que vai tentar se matar e depois pedir pro tio ligar pra ele dizendo que você está lá morrendo e quando ele chegar lá você tá arrasando é uma TOTAL loucura de amor kkk