Banheiro Feminino é uma coluna onde seis mulheres experientes (Oi?!) dão suas opiniões (nada certas) sobre coisas da vida. Se você é daqueles que gosta de fofocar no banheiro, vem ler e fofocar com a gente.

 

Conheça as participantes:

,Escrevi um livro sobre não se apegar, se apegaram. Escrevi um livro sobre não se iludir, se iludiram. Acho que agora vou escrever um livro sobre ser trouxa, pra gente parar de ser trouxa. Que tal? Moro um pouco em Juiz de Fora, um pouco em Presidente Prudente, e um pouco no aeroporto. Tenho 24 anos, mentalidade de 17, e sou uma eterna apaixonada pela vida. ,Podem me chamar de Carol, só pra eu me sentir mais em casa. 21 anos, virginiana, nada normal, com um coração enorme, pseudo-engenheira (que só é exata na parte da faculdade, porque na parte sentimental…), tentativa de blogueira, intensa demais, sincera demais, romântica demais, conselheira demais, individualista demais, amiga demais, sonhadora demais só que incrivelmente realista (por mais irônico que pareça), viciada em snaps, em fotos, em sorrisos, em flores, em pessoas, em palavras, mas principalmente em atitudes.,tem 20 anos, é carioca, estudante de direito, metida a escritora (http://annaluizaschmidt.blogspot.com) nas horas vagas e Fluminense de carteirinha. Envolvida por 36 séries de TV, pelo twitter (http://twitter.com/annasschmidt_), por música de todos os tipos, livros em todas as suas formas, por filmes sci-fi e pelo Rio. Impulsiva, confusa, piadista em horas inapropriadas, frequentadora oficial da noite carioca, apaixonada por tudo e por nada e pra resumir: libriana na essência da palavra.,25 anos. Gaúcha, contadora, pós graduanda e de quebra técnica em enfermagem com o jaleco já aposentado. Teimosa de doer e de personalidade forte, não é a toa que carrego o sangue alemão. Faço jus a ele. Amo demais o meu trabalho, livros, gatos, música rock e indie, viajar, whisky, vinho e churrasco do meu papis. Ah, e defendo o ideal da mulher independente e o completo poder de escolha sobre todos os aspectos da sua vida. Polêmica.,odeio quando pronunciam meu nome errado. Tenho 19 anos, sou mineira, curso Administração e quero passar a minha vida administrando minhas viagens pelo mundo. Sou apaixonada por livros, pessoas bem humoradas e dormir. Consigo me expressar melhor na escrita do que na fala. Mudo de opinião constantemente, mas não permito que isso me torne influenciável. Sou o que costumo chamar de pessoas “bagunças”, ninguém me entende e muito menos eu.,18 anos, carioca e amante de sorvete de pistache. Faladeira, baladeira, bagunceira e todas as “eiras” que vocês conhecerem. É super amiga da Beyonce, já foi à Lua, teve um caso com o Ryan Gosling e às vezes é um pouco sonhadora demais. É sagitariana com ascendente em áries com muito orgulho, com muito amor.

1- Qual foi a atitude mais escrota que você já fez em relação a relacionamentos?

,Hoje em dia acredito que a maior escrotice que eu faço é “terminar do nada” e sempre por mensagem ou ligação. Acontece que antes de terminar um relacionamento eu já “terminei” ele há tempos na minha cabeça. Então a pessoa fica surpresa, mas eu já tava maquinando aquilo, entende?. E quanto a não conseguir terminar pessoalmente, cara, é o meu jeito. Sou emotiva, sei lá… Não sei machucar as pessoas olhando nos olhos delas. =/ Meio covarde, eu sei. Mas de antigamente? Vixe. Posso citar inúmeras escrotices: namorar dois ao mesmo tempo, ficar com um cara alternativo na frente dos amigos do meu namorado e mandar eles contarem pra ele, ir pra cidade do meu namorado sem contar pra ele que eu tava lá e ficar me escondendo, me esconder no dia dos namorados pra não encontrar com o cara, já criei provas pra me fazer de vítima de uma traição só pra poder sair do relacionamento como a vítima, enfim. Eu era atriz da novela das 9 quando era adolescente, falar que ia dormir numa quarta feira e ir pra balada (MEU DEUS ESSA MENTIRA ME CONSUMIU ATE HOJE, OBRIGADA DEUS POR ESSA OPORTUNIDADE DE EXTRAVASA-LA). Hoje em dia se minto, como fiz nesse dia da balada (ressaltando que não fiz na-da na balada, apenas dancei mesmo), eu fico me corroendo. Aproveitem a adolescência pra mentir, porque a gente vira adulto e fica responsável, fofo, fiel, um monte de coisa linda que hoje me orgulho em ser <3,resumo minha filha da putisse em: 'MINHAS DESILUSÕES AMOROSAS ME TRANSFORMARAM NUM MONSTRO... Ou melhor NUM HOMEM' hahaha eu tinha tido duas desilusões amorosas pesadas, as duas eu já contei pra vocês: 1- meu príncipe com a minha prima vaca e 2- meu amor que foi pra Califórnia mas que hoje é meu amigo. A gota d'Água foi quando essa minha última desilusão viajou e foi morar 1 ano fora, confesso que tive um leve surto e comecei a agir que nem homem: montei um rebanho. Consegui manter 3 caras ao mesmo tempo e descartava-os quando via que eles estavam querendo algo mais sério. ME JULGUEM! Cheguei a estar no mesmo ambiente com os 3 caras sem que um soubesse do outro e digo para vocês : COMO É DIFÍCIL SER FDP! ,Nossa, tem tanta coisa... Mas acho que a pior de todas foi ficar com dois melhores amigos ao mesmo tempo. Passei por essa experiência tenebrosa quando eu era mais nova. Foi um inferno. Eu era completamente apaixonada por um deles e gostava muito do outro cara, então quando o meu carinha era babaca comigo, me maltratava e etc, eu fugia pro outro, que era um doce, romântico, carinhoso. Acho que nunca fiz uma coisa assim tão intensa e ferrada como essa de novo. Foi punk até pra fugir da situação. Hoje em dia o clima fica horrível sempre que encontro com o tal romanticozinho, o babaca que eu curtia, ri da situação, mas na época... Quando um descobriu do outro... Nossa. Me senti a Angel com um RajGrey de um lado e um GuiMaravilha do outro, a diferença é que eu queria matar os dois e dar pros peixes de sobremesa. Desejo isso pra ninguém!,Este que vou comentar não é algo - NOSSA, QUE ESCROTA MATHERFUCKER VOCÊ É - mas foi um divisor de águas no envolvimento amoroso que eu estava e me marcou muito como algo muito babaca pelo lado sentimental. Depois de uma tarde de discussão, o rapaz finalizou dizendo que nos amávamos muito e isto era o mais importante. Naquele momento eu senti vontade de vomitar e minha língua coçou para dizer: Nhéé, acho que não é para tanto. Literalmente ouvi o PLIN da ficha caindo de que "não baby, não te amo mais". Óbvio que não falei isto, muito ao contrario, concordei com tudo igual manda o figurino da escrotice. Mas eu entendi o recado sentimental daquela situação e pouco tempo depois não estávamos mais juntos.,Beijar outro na frente do ex só para fazer ciúme, quem nunca né mesmo?Bloquear nas redes sociais, virar a cara ao ver o outro. Todas essas coisas atitudes babaquinhas eu já fiz. Mas sem dúvida a coisa mais escrota que já fiz foi trair a confiança de uma das melhores pessoas que conheço. Não estava completamente errada na história, porém falhei na missão de como-ser-uma-pessoa-boa. Falava uma coisa e fazia outra e depois decidi ficar com uma pessoa apenas para ATINGIR a outra. Eu cheguei tão fundo no poço da babaquice que tenho vergonha de falar, me arrependo horrores. Olho para trás e só consigo pensar NÃO PODE SER QUE EU FIZ ISSO! A Julie do passado é sem dúvida a pior versão de mim. ,Foi entrar em um. Brincadeira hehe. Cara, já fiz bastante coisa escrota... já peguei o amigo do ex mozão na frente dele, já saí com um carinha só pra ele pagar o coisas pra mim (eu tinha 15 anos, acho importante ressaltar rs), já sumi da vida da pessoa (bloqueei em redes sociais, celular, etc., sem avisar, de um dia para o outro) só porque eu não sabia como dar um fim no relacionamento, já lancei o famoso "Claro que você é o único que eu saio", sendo que eu estava aplicando a "Teoria da Branca de Neve" na minha vida, entre 1000 outras coisas, mas acho que nenhuma supera a que eu vou falar agora: vocês tão ligados na Summer de "500 Dias com Ela" e o jeito que ela se relacionou com o Tom? Ficou sério com uma pessoa, sem estar envolvida? Então, acho que essa foi a pior. É muito injusto tu usar a pessoa e os sentimentos dela, só porque você não quer ficar sozinha ou coisas desse naipe. Mas se a vida fosse justa, ela não se chamaria "vida", não é mesmo?

2- Depois de ser uma babaca, você se arrepende?

,Antigamente, não. Eu era babaca e ainda saía rindo da situação. Hoje em dia fico extremamente chateada comigo mesma. O lance da balada por exemplo, foi com meu ex-ex-namorado. Eu nunca traí ele, nunca nem pensei em fazer nada que o desrespeitasse. Mas ele era muito ciumento, estávamos brigando sem fim, eu tava triste, e eu não podia sair pra dançar tipo com amigos se quisesse. Então eu fui sem avisar, fiquei de boa a noite toda, e menti. Mas cara… Como isso me corroeu durante o resto do relacionamento. Vai entender, né? ,Hoje eu penso inúmeras vezes antes de aprontar com alguém. Passei esse ano pelo o que, provavelmente, os caras que eu fui fdp passaram e foi terrível. Claro que quando o cara merece é super válido ser fdp, mas causar com pessoas ‘inocentes’ tem consequências e usar o ‘foda-se tudo, vou agir como homem’ para deixar de se magoar nem sempre é a melhor opção. ,Cara, depende. Na época dos rolinhos de escola, por exemplo, eu era muito nova, fazia parte do que eu precisava passar pra amadurecer! Já acabei confundindo alguns sentimentos e magoando outros caras no decorrer da vida (como o lance desses dois amigos), aí sim, fico super sentida porque eu penso “maldito signo de Libra, se eu não fosse tão carente, mimimi, nada disso teria acontecido”, mas sempre tem aquele babaca que merece que a gente pise e pise com salto fino 30cm, né? Esses aí eu sentia um prazer absurdo em sacanear. Quem nunca usou e abusou de um bad boy que atire a primeira pedra… (aceito rúbis, esmeraldas, diamantes também, muito grata.),Então, do eu te amo meio que a força pela situação, sim. Eu sempre excomunguei, crucifiquei, desejei o mármore do inferno para quem diz estas três palavrinhas tão inocentes porém que fazem aquele estrago sem de fato senti-las. Me ver nesta situação, cuspindo um “eu te amo” só para não ficar em más lençóis não é algo que me orgulhe. A-g-o-r-a, outros regues que fiz, sendo bem verdadeira mesmo, na sinceridade, NÃO.
Nossa Carol, como você é escrota – sou mesmo e tenho raiva de gente meiga feat bocó que engole tudo. Já fui dessas e acredite, seja escrota quando necessário. Nem que seja ignorando a pessoa por mil anos ou não atendendo suas ligações. Ser escrota para aprenderem a não te fazer de gato e sapato é libertador 😀
,Posso ser bem sincera? Depende! Depende MUITO. Quando faço algo por impulso eu me arrependo sempre e tenho aquelas ressacas morais
com as piores crises existências. Fico me martirizando durante dias, semanas e se bobear até meses. Quando sou uma completa babaca gratuita eu me arrependo, porém quando sou babaca por um motivo eu não me arrependo não. Não acho que devemos pagar a maldade na mesma moeda, mas ver alguém que tanto me magoou e me chorar sofrendo um pouco faz bem pro ego. É um pensamento babaquinha? É sim, mas não me arrependo. Desculpa mundo, mas não sou tão boa assim.,Sim. Não muito. Mais ou menos. Não. Acho que sim. Não sei. Parece que eu to brincando, mas é exatamente assim que eu me sinto, depois de ter feito uma cagada com alguém. Por um lado, eu penso que a gente vem nesse mundo pra evoluir, pra ser uma pessoa melhor, que se você agir de tal maneira, você vai se igualar às pessoas que você critica, penso em tudo de bom que a pessoa me fez e aí bate a bad. Mas por outro lado, o capeta baixa em mim e eu penso “to nem aí, tem mais é que se ferrar mesmo, quem ele pensa que é pra me tratar assim???? Eu fiz é pouuuuuco, quero ver ele implorar perdão pra mim!! Chora, mas chora mesmo, chora mais que tá pouco.”. E saio desfilando pela casa que nem a Angel no último capítulo de “Verdades Secretas”. Tudo o que eu tenho a declarar é: perdoa minha Lua e meu ascendente em Áries e não desiste de mim, gato.
O meu conselho é que a gente não deve machucar as pessoas para satisfazer nossos caprichos, como eu já fiz. Demorei a aprender que não se machuca alguém, e vira as costas como se isso sequer tivesse acontecido. Temos que ter sentimentos, empatia, amor ao próximo, mesmo que nem exista mais amor. Se você quer trair, termina. Se você sente necessidade de mentir, repense o que está errado. Se você sente vontade de machucar, machuque a si mesmo, não ao outro. E o mais importante, as pessoas podem sim mudar. Eu mudei, mesmo que algumas pessoas não acreditem, mas o mais importante não é o mundo todo saber que você mudou, é você olhar para dentro de si e sentir orgulho do que você se tornou.,

3- Conta uma história em relação ao tema, ou deixe um conselho!

,vou contar pra vocês o que me fez não ser mais fdp. No começo do ano conheci um amigo do meu melhor amigo e começamos a sair. Até aí ok, eu estava apenas curtindo e esperava que o boy também estivesse, só que ele começou a falar de levar o nosso lance mais a sério, começou a perguntar se eu estava pronta pra largar a vida de solteira e ficar com ele (foge que é cilada, bino) e isso me deixou meio assustada. Perguntei para alguns amigos nossos em comum e todos falaram que ele não era fdp, que eu podia deixar as coisas caminharem e foi justamente o que eu fiz. Só que o que ninguém esperava aconteceu: ele mantinha dois relacionamentos! SIM! DUAS! EU E MAIS UMA! COMO PODE ? Só que eu só percebi isso quando já estava apaixonada pelo fdp, que estava fazendo justamente o que eu já havia feito no passado com caras inocentes. Isso durou doentios 5 meses e nesse meio tempo ele chegou a JURAR, JURAR! que não estava mais com ela, que era pra gente tentar ficar junto, que ele gostava realmente de mim (ele gritou isso no meio do fumódromo de uma balada), que tinha ciúmes dos nossos amigos, que a novinha (a outra era menor de idade, bjs enquanto o boy tem 24 #olhaapedofiliaaigente) não servia pra ele e que eu sim, conheci a mãe dele e tudo, mas ele sempre cagava na segunda feira e voltava com ela. Mas finalmente eu me livrei dessa praga e hoje sou mais eu, bjs no ombro de novo ! Exagero a parte, hoje eu me livrei dele sim, me sinto bem melhor e sei as consequências de brincar com os sentimentos das pessoas e aprendi que ser fdp só é válido com quem merece. ,0 histórias pra contar, mas tenho um conselho pra dar: sejam babacas quando o mundo der a oportunidade. Não falo isso pra fazer gracinha, digo isso porque toda menina merece um carinha que mova montanhas por ela e não há mal nenhum em curtir alguém que é apaixonado por você. Não vale usar as pessoas, mas na boa? Tirar uma casquinha daquele príncipe encantado que não é tecnicamente o seu, mas que tá ali, dando bobeira do lado da carruagem, não é nada demais!
Faz bem pra alma, aquece o corpo e alivia o coração das mágoas passadas… Vai que você se apaixona? Eu que o diga…,Entre perdidos em festas e coisas do tipo, a maior escrotice que eu fiz na verdade foi no fim de um relacionamento antigo. Faz muitos anos. A coisa já estava de mal a pior então nas férias do fulaninho disse a ele para aproveitar beeeeeem a viagem – com sangue nos olhos do tipo “você não sabe o que te espera filha da puta”. A situação para ele: viajou achando que estava tudo bem e que quando voltasse tudo seria resolvido (acredito eu) . A situação pra mim: baixou um exu revoltado em minha pessoa e mal defunto esfriou eu estava caindo de cabeça na gandaia livre, leve, solta e solteira. A realidade: Eu considerei toda a treta como um término e cai na bagaceira, já ele não. Eu acabei por ficando com um rapaz neste período pouco me importando com toda a nossa história e blá blá blá (escrota ON). Estava de saco cheio mesmo e mandei tudo a merda. Resumindo: ele diz que o trai, o que eu não considero – afinal – chifre trocado não dói. Só dei a ele o gostinho de um sapo dos vários que engoli durante todo nosso envolvimento.
Por fim, eu fiquei muito de boa com tudo (nada de guardar rancor e etc ), apenas eliminei todo este circulo de pessoas e situações que não estavam me fazendo bem. Fui escrota especificamente, fui. Mas foi a melhor decisão que fiz apesar da “filhadaputagem” que tem no meio, tirei um peso imenso das costas e segui minha vida.,Gente, todo mundo precisa ser e ter um babaca, pelo menos uma vez na vida. É com o cafajeste que você aprende a ter a melhor pegada; que não se deve confiar em meia dúzia de palavras; que não adianta dar o mundo pra pessoa, porque se ela não estiver afim de compromisso/cativada por você, nada vai mudar isso; que a melhor maneira de lidar com um coração partido é entrar na fossa, sim, mas quando sair, não voltar mais; resumindo, você amadurece. E quando você é o cafa, você aprende a respeitar o sentimento das pessoas; que ninguém é cego/trouxa pra sempre; que é muito gostoso ter a situação sobre seu controle e o porquê de todo mundo gostar de ter/ser um cafa, etc. O problema não é ser canalha, inclusive, sou! Caô hehe. O problema é quando o nível de canalhice do casal, não é compatível. ,

E vocês? Qual a maior escrotice que já fizeram num relacionamento? E o que acham disso tudo? Vamos fofocar nos comentários 🙂

30 comentários

Isabela Freitas tem 25 anos, mineira, atualmente em São Paulo, mas vive mesmo no mundo da Lua. Gosta do número 7, amores de arrancar o coração, bichinhos de rua e músicas fofinhas. Ah, ela adora signos também. Sagitariana, teimosa, sincera, sonhadora, dramática e um pouco exagerada. Mas só um pouquinho. Autora dos livros "Não se apega, não" e "Não se iluda, não", e você pode comprá-los aqui. Juntos eles já venderam 500.000 exemplares e até hoje eu não acredito nisso.

Deixe seu comentário

  1. TeiResponder

    Aqui uma ariana torta dona da razão aff.
    Sentimental demais pra minha idade
    Viciada em livros e tattos.

  2. Isabela MonteiroResponder

    Terminar no dia do aniversário, eu era bem novinha e estava ficando com um menino do inglês, a gente era o casal que as pessoas achavam que a gente iria casar um dia( mesmo eu tendo 14 anos) e como eu era tinha essa idade, ficar serio com um menino não dava, então eu sem noção fiz isso, depois todos os amigos deles me encheram de mensagem mandando varias coisas, e me arrependo muito, prometi a mim mesma nunca mais fazer isso.

  3. AliceResponder

    Pisciana toda sentimentalóide, aos 14 aninhos pensava que tinha ” finalmente ” encontrado o ” amor da minha vida ” ( cá entre nós, ele é o maior pateta ), começamos a sair em uma festa de amigos, me apaixonei pelo canalha de primeira, afinal, todo bom conquistador te encanta logo de cara.. ele ia me buscar na saída da aula, dizia que me amava e toda aquela baboseira que, claro, eu acreditava, seguimos 2 meses assim, logo, descobri que ele me traía, e não era aquela traição casual que você até pensa em perdoar, ele realmente ficou 2 meses me traindo frequentemente, consumida pela raiva comecei a desabafar com o amigo dele ( eram melhores amigos, não tão melhores assim pelo visto hahaha ) que tambem era meu amigo, e nisso acabamos ficando, o ex-patético foi tirar satisfação com o coitado, resumindo, saiu a maior briga, e depois ainda veio como se nada tivesse acontecido e pedindo perdão por tudo e dizendo que viu o quanto me amava e queria voltar, parece que o jogo virou não é mesmo? Hahahaha 2 anos se passaram e ele ainda me pede pra voltar, será que é furada? �

  4. Caroline MonteforteResponder

    FURADA ! Vai por mim, passei por isso recentemente e um belo canalha tende a voltar e prometer mundos e fundos (acho que é assim o termo) pra conseguir o que quer e no outro dia, caga pra tudo que prometeu.

  5. Thaís PeschelResponder

    1- Qual foi a atitude mais escrota que você já fez em relação a relacionamentos?
    Vou ser sincera: ainda estou na fase de ser mais trouxa e sofrer com a escrotisse do que ser escrota. Como boa escorpiana, adepta do 8 ou 80, acho que vou estar loucamente apaixonada por um cara num instante, dando esperança pro coitado, e no outro simplesmente cansar dele.
    Obs: Não considero minha grosseria com alguns ser uma atitude escrota, porque é o melhor para eles.

    2- Depois de ser uma babaca, você se arrepende?
    Me julguem, mas, normalmente, não.

    3- Conta uma história em relação ao tema, ou deixe um conselho!
    Tinha um cara mais lindamente perfeito do mundo. Gostos em comum e várias afinidades entre nós. Pena que ele não tinha cérebro. Quando entrei no carro para dar uma volta com ele e começamos a conversar “face to face” percebi isso. Acabei ficando com ele, mas depois ele nunca mais olhou na minha cara. Do tipo que fica por “números”. Contei pra todas as minhas amigas todos os pontos ruins dele, por exemplo, a falta de cérebro, o péssimo gosto musical e como ele beijava mal. Só falei verdades.
    O negócio é o seguinte: se ele for babaca com você, devolva em dobro e saia sambando na cara dele!

  6. Isa Responder

    A minha maior escrotice foi uma festa antes do carnaval, estava cansada do cara q ficava cansada de ser levada ao banho Maria pois o mesmo me enrolava a 7 meses e não aguentava mais nossas brigas e falta de atenção dele. sabe o que eu fiz? peguei pedir q fosse nessa festa e pedir q o meu amigo também fosse e fiquei morrendo de medo dele chegar lá e encontrar nós dois, acabamos ficando horrores no carro… mas depois dessa escrotice minha vem o arrependimento e digo a vocês é uma sensação horrível, me arrependo muito disse até hoje pois não valeu a pena nada. pois quando ele me perguntou se traiu ele digo q não. hoje estamos quase voltando novamente e já me sinto bem confusa, e tenho certeza q ele nunca me traiu em nem um momento q estávamos juntos… mas fiz isso pq encontrei no outro o que ele não me proporcionava. e Amo ele demais, foi um erro que fiz q não vai ser mais cometido pois não quero carregar mais esse peso.

  7. CarolResponder

    Ia ter um show e o garoto com quem eu ficava disse pra mim que não iria. Fui com minhas amigas e como ele disse que não iria, acabei ficando com outro cara lá e de repente olha quem aparece. Ele chegou no show (nessa hora eu não estava perto do carinha que eu fiquei o show inteiro) e quando eu o vi, cumprimentei normal, fiz a egípcia e sai andando. Ele foi atrás de mim e opa querido, acho que chegou um pouco tarde. Não movi um músculo (apesar de gostar muito dele) e continuei com o outro. No dia seguinte ele me mandou textão, eu pedi desculpas e ele aceitou. Não me arrependo nenhum segundo do que fiz, nem quando me desculpei eu estava arrependida de fato. Tempos depois começamos a namorar e ele me traiu sei lá quantas vezes e eu só descobri depois que ele terminou (e terminou com aquele papo de “sou muito novo pra um relacionamento tão sério”).

  8. Isabela FreitasResponder

    nossa, que babaca! era pra ele ter saído da sua vida ali naquele show!

  9. Isabela FreitasResponder

    é horrível esse peso da culpa e do arrependimento =/

  10. Isabela FreitasResponder

    hahahahahahahahahahahahaha morta com a historia

  11. Isabela FreitasResponder

    OBVIO!!!! Não faça isso com você 🙂

  12. AliceResponder

    Realmente, apenas fui conversar com o canalha e ja se sentiu como se fosse meu dono, abandonei!! Vou reler o Não se apega, nao e o Não se iluda, não pra ver se aprendo de uma vez por todas hahahahaha

  13. AliceResponder

    Realmente!!! Esquece mesmo hahaha, joga tudo no lixo por qualquer coisa, perca de tempo, e ainda aquele orgulho machista e idiota, ninguém merece!!!!! SOS

  14. LouiseResponder

    Então estou de rolo com um boymagia ele é gatinho porém tenho 22anos e ele 21, mais é engraçado pois já sou formada no meio de uma pós e tals e ele no meio da facu, a cultura diverge muito, eu já tive vários ex >< relacionamentos nada bons um pior que outro, e hoje em dia sou meio assim revolts por culpa desses relacionamentos frustado de ser a burra/corna/ e vários adjetivos que define uma personalidade de inocente mais o pior ainda disso tudo acho que é de quando a gente além de ter sido inocente nunca ter feito nada o cara o ex-lesado te chama de coisas nada agradáveis com sinônimo de ligeira/palavras de baixo escalão e por ai, para mim esses ex mereciam tudo isso que faço com os atuais ficantes, pq namoro pra mim só se valer muito a pena se não é perna para quem tem, corre que é fria, então esse meu ficante atual ele ta na fase de garoto, pegar-pegar-pegar percebo isso pela maneira que ele usa o facebook tipo adiciona muitas garotas curte fotos e aquele bláblá e fora na balada que sempre se encontramos não vamos junto mais estamos lá ou quando um vai para um lado e o outro para outro, rsrs e pela fato que me trata as vezes pelo whats tipo eu tenho que ir atrás isso me estressa mas, eu como uma boa pessoa kkkk aturo por que não curto fica sozinha, e fica com ele me anima pelo menos, mas percebo que ele tbm não é santo pq só eu tenho que ir atrás dele, eu reino e tenho que desreinar então como isso mexe comigo e sempre de ter tudo muito fácil acabo continuando com ele, porém converso com outros boygatos lindos pelo whats até tenho jantinha combinada com um desses caras com quem converso, fds to fudida de tanto encontro que me aparece, mas no fim fujo de todos e vou pra uma baladinha kkkkkkkkkkk, mais confesso que isso me faz rir porém é complicado por que eu sei que faz aqui paga aqui. Não sejamos más meninas 😮 mentira façam a maldade por que homem nenhum presta e é verdade eles sempre vão da um jeito de querem caga com tudo, agora digo uma coisa quando um cara, que já é formado que já tem uma vida estável, trabalha se sustenta sozinho e já passou da fase bagunça, cachaça se esse cara quiser algo sério com vc e que vc não seja a tal bobinha que fica correndo atrás talvez seja hora de vc pensa em tentar algo sério.

  15. NResponder

    Isaa, primeiramente P-Á-R-A-B-E-N-S! Acabo de ler seu segundo livro e nem me dei conta que estava na última página.. Ou seja, morrendo com gostinho de quero maaais! hahahaha
    Meu nome é Nati, tenho 19 anos, e gostaria de um conselho seu.. tipo vários hahahahahaha me axxxxuuuda!
    1) Sou uma pessoa risonha, extrovertida, alegre.. minha convivência muitas vezes é com pessoas que acham que sou um pouco boba. Mais não, pego tudo no ar e o que tenho a dizer digo na cara.. Não consigo tratar ninguém indiferente mesmo quando a vontade é de pular no pescoço da Falsiane! haha Algum conselho há isso
    2) Esse negócio de ilusão, sinceramente, não é de Deus não! No dia do meu aniversário foi uma.. an.. Decepção. Imaginando, sonhando, idealizando que iria sair uma festa surpresa e, ohhlááá.. NADA. Não posso mais com isso..
    3) Crescer, encarar os sonhos.. Ou qual decisão tomar.. Estou na dúvida eterna, de, termino facul ou viajo para os Estados Unidos. Sabe não morro de amores pela minha faculdade.. Comecei Pedagogia mais porque não saber em o que cursar, não é um curso que me encha os olhos não. Penso em ir pra lá e ficar um tempo, levantar uma vida e conseguir me estabilizar.. Junto com meu boy back que namoro a 5 anos, lá tenho família e tal, não ficarei tao perdida.
    QUE TEXTO! Começo falar e não consigo parar hahahaha
    Isa espero ansiosa pelo seu próximo livro.. Beijo e Obrigadaaa!

  16. J PetersResponder

    Gente, atitude escrota. tive uma insuperável. Sou do PR e gostava de um carinha de SP, de uma banda, era uma super roubada migs! Eu fiquei de ir pra lá conhecer a mamys dele e deu tudo errado e eu não consegui ir, passagem extraviada, fui assaltada 2x naquele mês, enfim. Ele iria vir pro PR me ver, mas na semana que antecedia o bonito sumiu! Fiquei triste e com raiva, fui pra SC num show de uma outra banda que também era de SP… Um dos carinhas da banda era amigo dele, fui lá e fiquei com o amigo… Só pra chegar no ouvido do bonito. RS Depois me dei mal, começei a gostar do segundo Paulista e ele só me sacaneou, fiquei sem nenhum dos dois! HAHAHAHAHAHAHAHA

  17. CarolResponder

    Pois é, Bebela. Hoje em dia eu concordo plenamente com isso. Mas na época eu era uma tonta de mão cheia. Mas é errando que se aprende e eu aprendi, e como!!! Adoro seu blog, beijos

  18. JéhResponder

    Nathália amei você! Super me identifiquei

  19. GinaResponder

    Isabela,sei que vc não vai aprovar e muito menos ler meu comentário,mas vc deveria ser mais sincera,todo mundo sabe que vc traiu o leo c seu atual,então não vem pagar de fiel c orgulho n querida,beijos

  20. Sandy OliveiraResponder

    Isabela sou fan do seu blog, eu sempre olho mas nunca tinha comentado, hoje eu queria te dar os parabéns pelas suas postagens maravilhosas que me inspiram bastante a escrever, e também queria saber como eu faço pra participar do banheiro feminino? obrigad beijinhos

  21. Amanda GomesResponder

    Acho que uma das atitudes mais escrota que eu fiz em um relacionamento, foi ir numa festa próxima a cidade do meu ex, imaginando obvio que ele estaria lá, e realmente estava, nisso a gente ainda estava junto, só que fui sem avisar a ele, quando cheguei lá dei de cara com ele pam!! e ele estava com outra, eu meio que levei um susto, mas já esperava por isso, já sabia que ele era um canalha, mas mesmo assim dias depois eu perdoei ele e acabei ficando novamente com ele e novamente ele continuou sendo Fdp comigo… acho que foi meio trouxianee!!! meioo não, fui mesmo trouxianeee…kkk

  22. AndressaResponder

    Nossa, que atire a primeira pedra quem não foi FDP com alguém, não é mesmo? Mas cara, a verdade é que já foram muito mais comigo, viu? Então por mais que o cara tenha sido bonzinho, eu não consigo me arrepender… então f#4%-&*

  23. AndressaResponder

    Nossa amanda, desapega desse cara meu!

  24. Terry BrownResponder

    I’m Terry Brown from New York (USA). I am 57 years of age I got married before 27 years. 11 years my wife die and I was alone. I am running a software company so in my office there was a Divorcee woman approx 35 years old, after my wife death she came closer to me and slowly we started an affair she is very pretty and beautiful and I really love her as I used to love my wife she also loves me as her husband we were living together at my home from last six months everything was going on very good I was very happy but before two months she started ignoring me and she left my home and whenever I call her she gives me an excuse and finally before 25 days she said to me that she can’t do it further she does not love me I was shocked what happened my heart was broken and literally I cried too much on that day I was mad nothing was right I tried to convinced her a lot but everything was useless, I can’t describe my situation but by chance I got the help of Dr.Ogudugu, on internet as I have told you I am owner on a software company so I didn’t believe at starting but I did not have any option so I talked to Dr.Ogudugu he gave me 48 Hours time to complete my work and he said that she will come back herself,it happened as he claimed I am very grateful to Dr.Ogudugu we are now happy as ever before,Dr.Ogudugu make her know how much we are meet to be together. If you are there having any problems in your relationship…you have to hurry up and get it touch with Dr.Ogudugu is there to help you(GREATOGUDUGU@GMAIL.COM tel: +2348057266712) i am so happy to share these my testimony with you.

  25. joycinha0.0Responder

    Andressa Rodrigues · Atriz at Atriz
    Nossa, que atire a primeira pedra quem não foi FDP com alguém, não é mesmo? Mas cara, a verdade é que já foram muito mais comigo, viu? Então por mais que o cara tenha sido bonzinho, eu não consigo me arrepender… então f#4%-&*
    principalmente quando ele te magoa muito

  26. Thainá JanuzelliResponder

    A maior escrotice foi achar que estava errada, enquanto ele se fazia de vitima. É a cara dos homens fazer as mulheres passarem como erradas, isso é um saco. Mais isso não funciona mais, uma vez já basta pra quem quer deixar de ser idiota.

  27. camilaResponder

    Minha maior descortice foi quando eu estava tentando terminar um relacionamento com um cara mas ele não deixava. Chorava, aparecia em casa.. Era um show só. Eu sou muito mole a ponto de ajudar até quem eu odeio pra não ver a pessoa mal ai já viu né. Ele nunca aceitava o término mas também não mudava até que eu cansei e fiquei com o melhor amigo dele na frente dele (não era pra ele ter visto mas foda-se)

  28. LarissaResponder

    kkkkkk meu Deus

  29. CarolResponder

    Bebelaaaaa, volta com o banheiro feminino/masculino!!!!! Eu amo ler e adoraria participar também! Beijossss