Oi, gentxeeee! Depois de um tempo sem ver os nossos meninos preferidos, a coluna voltou. Com alguns desfalques, o Gusta me disse que estava sem tempo (e eu imagino mesmo!), e por isso não poderia mais participar da coluna. BUA T_T. O Leo não mandou essa semana, então não sei se ele ainda continua, vamos ver. Em todo o caso o Banheiro Masculino vai continuar, e eu vou chamar novos participantes. E hoje eles vão falar sobre a primeira vez deles. Quem aí tá ansiosa pra ler? o/

banheiro-masculino

Conheça os participantes:

ygorYgor Freitas O mesmo da temporada passada do Banheiro. Gosto de surfar e sou pisciano. Amo andar de skate, curtir uma balada e sou Belieber, Directioner, Libriano, Lovatic e Capricorniano. Tento fazer uma bio legal para compensar o seguinte fato: a dona desse blog colocou todo mundo mais bonito que eu nessa coluna (sério, olha esses caras aqui embaixo). Escrevo aventuras no Improbabilidade Infinita, ofensas no meu Twitter e finjo ter uma vida adorável no meu Instagram e Facebook.

 

 

Processed with VSCOcam with hb1 presetThiago Banik Oi! Sou o novo integrante do BM.  tenho 22 anos, curitibano e sou de escorpião, mas não sei o que isso significa. Sou um beatlemaníaco declarado, amo tocar violão, escrever e falar sobre sentimentos, principalmente, o amor. Tenho o blog Esperando no ponto pra falar de tudo isso. Sou ator, apresentador de um programa local e trabalho com mídias sociais. Você pode me acompanhar no meu instagram/ twitter @thiagobanik e pela minha página. Um beijo no seu coração.

 

 

1391638_10201795200436701_4264263061236100155_nOi gente, meu nome é Gabriel Moraes, tenho 21 anos, queen bee, sou taurino e estudante de Ciencias Politicas. Amo moda, música e vivo para o entretenimento, tanto que tenho um reality show no snapchat (MoraesGabriel). Sou o primeiro a falar o que penso, mesmo que não tenha pensado tanto assim antes de falar. Sou para-raio de amigos carentes, não sei o problema deles, só sei que o que eles tem em comum sou eu. Nunca quis ser um bom exemplo, sempre preferi me divertir. Não me venham com vinagre porque aqui a salada é de fruta. Siga no Twitter, e no instagram @MoraesGabriel.

 

166088_195588023899995_263152491_nMe chamo Bruno Q Monteiro, sou carioca, publicitário, tenho 27 anos, leonino, ex-lutador, atualmente quase um monge budista e coloco minhas idéias pra fora na página: facebook.com/seufavoritoMato e morro por meus amigos, sou fiel à eles como um mafioso siciliano e não aceito que alguém tenha o comportamento diferente disto. Fidelidade é algo sagrado na máfia também nos relacionamentos com a mulher. Mantenha um extremo respeito com a mulher e principalmente como ela deve ser tratada e muito bem amada! FIDELIDADE, HONRA E FÉ SÃO OS MAIORES VALORES DE UM HOMEM.

 

10665761_724545777611814_1171496082479506930_n

Meu nome é Marcelo Teles, sou mineiro de Juiz de Fora, estudante de Direito e Psicologia, tenho 23 anos, escorpiano, solteiro, apaixonado por música e vascaíno sofredor. Sou chato, metido, prepotente e meio cafajeste mas, tirando isso, sou muito sociável e bem humorado! Espero que se divirtam! facebook.com/marcelotelesrinstagram.com/marcelotelesr.

 

 

large-422

1- Como foi seu primeiro beijo?

 

ygorYgor Freitas Foi aos meus 13 anos. Dentro da escola, depois da aula. Eu tinha marcado com a menina um dia antes (as coisas exigiam uma logística maior na época) e, como sou bem desesperado, fiquei a porra do tempo todo pensando nisso. Cheguei a sonhar que ia dar alguma coisa muito errada no dia (sei lá, eu fazer cocô nas calças). Mas no final das contas deu tudo certo e aparentemente eu nasci pra isso. Não arranquei a língua de ninguém.

 

 

Processed with VSCOcam with hb1 presetThiago Banik Foi bizarro, eu tinha 13 anos e foi com uma guria que eu não curtia nem um pouco. Eu beijei sob pressão, pois estavam todos me julgando que eu não ficava com ninguém, me chamando de gay e blá, blá, blá. Ai fizeram uma lista de meninas que queriam ficar comigo (O Tinder da minha época), acabei decidindo pela mais feinha (Não sei porque…) e ficamos em uma parte escondida da escola, com uma galera assistindo pra provar que eu havia beijado. Ai, ai…  Às vezes, a escola é uma merda, né?

 

 

1391638_10201795200436701_4264263061236100155_nGabriel Moraes Traumático. Eu achava que éramos amigos, mas um dia a verdade veio a tona, ela só queria me beijar. Estavámos na terceira serie, era numa quinta feira de um mês de setembro, tudo estava bem até que ela  (seu nome era Natali) me segurou pelo braço e me puxou em direção a boca aberta dela. Cheque mate.

 

 

 

166088_195588023899995_263152491_nBruno Q Monteiro, Fico lembrando hoje em dia e acho engraçado. Minha vizinha tinha uma tia (tia, porém era quase da nossa idade), eu não lembro ao certo a minha idade na época, mas era meados de meus 14/15), que essa tia era (ou é, não sei) linda, conhecida como Babaloo, por conta de uma novela, sei lá… Era loirinha, olhos azuis, que coisa linda! Eu sempre fui o mais 'bobo' da minha turma, era mais louco por vídeo games que por garotas, os meninos da minha turma eram mais ligados e estavam alvoroçadíssimos com a vinda da Babaloo pra rua, para passar o final de semana com sua sobrinha, nossa amiga, a Aline. Eu, que nunca esquentei, tava mais ansioso com uma festa que teria na minha casa, reunir minha família sempre foi motivo de muita felicidade, família de doidos, sabe? bando de ogro fazendo graça pras crianças (inclusive eu que me considerava ainda) rirem. No dia da festa, eu vi uma movimentação da turma na minha porta, estava chegando de carro com meu tio, desci do carro e fui falar com meus amigos, e no meio estavam a Aline, Babaloo e mais duas meninas que não lembro ao certo quem eram. Aline, me chamou e disse que precisava conversar comigo, eu disse que sim, mas sem dar muita importância, pois meu tio predileto tinha acabado de chegar na festa e eu tava ansiosíssimo pra estar com ele. Quando o pessoal se afastou, Aline me chamou de novo e me contou que a Babaloo estava perguntando de mim, querendo saber se eu tinha namorada ou algo do tipo. Nossa, logo de mim? Eu sempre fui o comprido, esquisito, que vivia machucado do Judô rs, o Kinho, Alex e outros meninos sempre foram muito mais 'atacado' pelas meninas, e logo a mais bonita me quis? Ô Sorte, fiquei feliz e disse que poderia falar pra ela que eu não tinha namoradinha, mas, o que ela não sabia era que eu nunca tinha beijado ninguém ainda… Na minha rua, tinha um terreno baldio, onde costumávamos brincar, pular o muro e tinha um muro onde escrevíamos nossos nomes e acontecimentos marcantes com giz. E foi lá, naquele muro do terreno que aconteceu, com a Babaloo, eu super nervoso me fazendo de tranquilo, e tenso de não fazer certo, ali escrevemos nossos nomes e eu sai todo bobo. Hoje nem sei da Babaloo, mas guardo com mó carinho as lembranças e aquele sentimento 'pós' de que se era homem de fato.

 

10665761_724545777611814_1171496082479506930_n

Marcelo Teles Pra falar a verdade, foi meio insignificante! Hahaha! Eu tinha uns 14 anos e era muito tímido. Um belo dia em Cabo Frio/RJ, eu e minha turminha estávamos brincando de verdade e consequência e caiu na minha vez de pedir consequência. Um amigo meu falou pra eu beijar a fulaninha lá e eu fiquei morrendo de vergonha, né… Mas a menina era mais experiente e me beijou lá na frente da galera toda, fiquei vermelho de vergonha e esse foi o meu primeiro beijo! Hahahaha!

 

 

large-423

2- E como foi sua primeira vez? 

 

ygorYgor Freitas Eu tinha marcado com a menina um dia antes (perceba que sou um cara burocrático) e gente…não tem vídeo pornô no mundo que te ensine como é aquilo na prática. Era um tal de "isso vai aqui ou aqui?", "tá, onde exatamente eu encaixo isso?" e "opa, isso é sua orelha? Desculpa, buraco errado" que vou te contar. Por sorte ninguém sabia o que tava fazendo ali e foi só uma vergonha mútua.

 

 

Processed with VSCOcam with hb1 presetThiago Banik A primeira vez foi especial, não foi com nenhuma prima ou garota de programa. Foi aos 17/18 anos (Bem tarde, mas eu queria que fosse com a pessoa ideal), com uma namorada minha. Foi lindo, maravilhoso. Era a primeira vez dos dois, foi uma entrega de ambos e um cuidado extremo. Agradeço a ela, pois foi do jeito que eu sonhava. Despertou o meu sangue de escorpiano hahahaha.

 
 
 

1391638_10201795200436701_4264263061236100155_nGabriel Moraes Tenho vergonha de contar detalhes então vou dar palavras chaves: barraca, noite do pijama, vizinhança, frio, amor platonico, sem fundo musical.

 

 

 

 

166088_195588023899995_263152491_nBruno Q MonteiroMeio louca também… Eu viajei um feriado pra casa do meu padrinho, e como sabia que teria uma festa de rua, pilhei um amigo meu pra ir junto pra lá. Chegamos na casa do meu padrinho, nos arrumamos e corremos pra festa de rua, eu tinha 16/17 (meados), a festa tava boa demais, zoamos demais, nos divertimos, corremos pela praia e tal… Ai foi acabando a festa, as pessoas indo embora e nós avistamos 2 mulheres andando, lindas e sorridentes. Nessa época eu já tinha ganhado um corpo bacana por causa das lutas que fazia desde os 15, então minha aparência era de bem mais velho, e meu amigo era 2 anos mais velho que eu, então fomos em cima das mulheres que gostaram e começaram a papear. ficamos horas batendo papo nós 4 e acabou rolando a pegação, eu fiquei com a moça (que não lembro o nome) e meu amigo com sua respectiva amiga. Como estava ficando vazio nós fomos andar e acabamos querendo ir pra um canto, já que a gente se beijava e as pessoas olhavam… Achamos uma rua mais 'discreta', escura e com pouca gente, meu amigo vou pra cobertura de um restaurante fechado e eu encostado em um carro numa calçada. A intenção era mais amassos mesmo, só que tomou proporções que eu mesmo não esperei. Ela abaixou e o bicho pegou… Tudo aconteceu ali, meio que no meio da rua, numa calçada escura encostado no carro. Meu amigo também se deu bem, elas que eram bem mais velhas que nós, acho que ambas tinham 23/24 , nem imaginavam que transformaram dois garotos em homens ali naquele momento…

 

10665761_724545777611814_1171496082479506930_n

Marcelo Teles Minha primeira vez foi com a minha primeira namorada, tinha 17 anos e perdemos juntos. Não me arrependo, acho que foi com uma pessoa especial e que eu gostava muito na época! Conselho pras meninas que estão lendo, não existe vergonha em esperar o cara certo, só não esperar que seja um príncipe encantado no cavalo branco, né? Acho que pelo menos a primeira vez tem que ser com uma pessoa que você se sinta muito confortável e que confie plenamente, por mais que não seja perfeito, não vai existir arrependimento!

large-424

3- Você acha que já se apaixonou? Como foi? 

ygorYgor Freitas Já sim. Eu tinha uns 16 anos e, mesmo tendo uma quedinha por ela, a gente só brigava e se odiava muito. Aí nunca mais nos falamos. Aí 7 anos depois eu a reencontrei, e estamos juntos até hoje (NOSSA SE A PORRA DA MARIANA NÃO LER ESSA MERDA EU VOU FICAR É MUITO PUTO. OLHA COMO EU FUI FOFO)

 

 

 

Processed with VSCOcam with hb1 presetThiago Banik Paixões já foram várias, teve uma época que era uma por dia, pois cada mulher me chamava atenção por algo. Não quer dizer que pegava todas, a maioria ficou apenas na minha imaginação e coração! Era gostoso ser apaixonado, despertava mais o meu lado sonhador, era bom para esquecer um pouco da vida real que eu tinha. 

 
 
 
 

1391638_10201795200436701_4264263061236100155_nGabriel Moraes Tenho certeza que nunca me apaixonei a nao ser a primeira vista pela calça de couro que eu comprei semana passada.

 

 

 

 

166088_195588023899995_263152491_nBruno Q MonteiroEu sempre fui uma pessoa meio difícil pra apego, digamos que sempre tive outros objetivos na vida, sabe? Sempre quis estar bem de vida, ganhar meu dinheiro e tudo mais… Tive a honra de ter algumas mulheres incríveis passando na minha vida , mulheres incríveis mesmo que ou eu que fazia a bosta, ou que a vida nos afastava por algum motivo… Acho que justamente por não me apegar tanto, essa dificuldade sempre me assombrou, eu via meus amigos maravilhados com suas namoradas e eu, sempre, meio frio e sem 'perder o ar' com aquilo. Até o meu último agora. Eu conheço minha ex namorada desde os 15 anos dela ( que eu entrei de penetra ), ela estava linda lá, na real, ela é linda! Não levem isso como dor de cotovelo não, por favor, hoje somos amigos e batemos até papo de vez em quando, porém por ela eu senti algo com certeza. Eu sempre tive certeza de como agir, em tudo e no meu relacionamento agora que passou eu não sabia, eu perdia o controle dos meus sentimentos, me sentia voando assim sabe? era louco! me sentia um molecão inseguro e enciumado (coisa que nunca fui) Então a resposta é sim, é só olhar minhas últimas mensagens no BM antes dessa que vão ver eu todo bobo falando da minha namorada (agora ex), e mesmo não tendo acontecido da forma que eu esperava, que era estar com ela até hoje, eu fico feliz por estar contando isso aqui, e por ter me apaixonado por uma pessoa tão incrível. Me mostrou de uma vez por todas que eu, definitivamente, não sou de gelo.

 

10665761_724545777611814_1171496082479506930_n

Marcelo Teles Com certeza absoluta eu já me apaixonei! E sinto muita saudade daquelas paixões de adolescência em que eu ficava com frio na barriga só de ver a janelinha do msn subindo, avisando que ela estava online “FuUuUl@ninhahh___graxinha” (sou velho mesmo, e daí? Hahaha)! Hoje em dia eu ainda me apaixono, mas com mais maturidade e menos esperanças. Prefiro uma paixão menos ardente e mais consciente, madura… Acho que estou ficando velho MESMO.

 
large-425

4- Já mudou o grupo de amigos alguma vez? Se viu sozinho e teve que começar tudo de novo?

 

ygorYgor Freitas Nunca tinha parado pra pensar nisso. Aí com essa pergunta eu percebi que meu grupo de amigos é o mesmo de 14, 10 anos atrás. Nossa, fiquei até feliz agora. Já tivemos muitos desentendimentos, nos afastamos por causa de relacionamentos mas no final a gente acaba unido. Hoje todos os casais da galera são amigos entre si e não tem ninguém isolado. Boa, time!

 

 

Processed with VSCOcam with hb1 presetThiago Banik Eu nunca tive amigos, sempre fui o “pistoleiro solitário”, mas no ensino médio eu tive grandes amizades e pensei que estaríamos juntos para sempre, mas infelizmente, cada um teve que seguir o próprio rumo. Um foi morar no RJ, o outro se mudou de bairro e aos poucos ficamos distantes. Normal isso acontecer, sinto falta deles, mas foi preciso seguir em frente. 

 

 

 
 

1391638_10201795200436701_4264263061236100155_nGabriel Moraes Eu sempre tive muitos amigos de grupos diferentes, então eu nunca fiquei sozinho. Acho até que merecia o trofeu Mario Lago de melhor amigo.

 

 

 

 

166088_195588023899995_263152491_nBruno Q MonteiroNão, não… justamente por não ter me apaixonado de verdade antes eu sempre fui muito apegado a meus amigos, quando me apaixonei eu já era maduro o suficiente pra saber que amigos são aqueles amores que você carregará pra vida toda com mais certeza do que um amor de casal.

 
 
 
 

10665761_724545777611814_1171496082479506930_n

Marcelo Teles Várias vezes eu me vi sozinho, troquei de escola 5 vezes e uma vez de faculdade (nunca fui expulso, tá? Hahaha) e sempre tive que fazer amizades novas! O lado bom disso tudo é que os amigos verdadeiros que eu fiz nesse caminho todo, permanecem na minha vida até hoje! Os de infância, os de ensino fundamental, ensino médio, faculdade e afins! Eu gosto muito de fazer novas amizades e sou muito comunicativo, nunca tive dificuldade com isso…

 
large-426

5- A primeira vez que você chorou por amor? Lembra?

 

ygorYgor Freitas Lembro sim. Foi quando eu terminei meu primeiro namoro (na verdade, ela terminou comigo AQUELA VÍBORA INSENSÍVEL). Eu fiquei sem chão, achei que aquilo ali era o fim da minha vida, que não tinha mais sentido continuar em frente, baixei uns CDs do Simple Plan e tudo. Mas aí…como tudo na vida: passou.

 

 

 

Processed with VSCOcam with hb1 presetThiago Banik Com toda certeza. Foi no fim do meu primeiro namoro, quando descobri que não existe um conto de fadas, que nem tudo dá certo. Que um relacionamento não é 100% de felicidade, possui várias barreiras e que o para sempre podem ser segundos de um momento perfeito. Acho que o primeiro namoro serve basicamente para isso, para retirar o encanto e a magia que existe em torno do “amor” e você procurar algo que seja concreto. 

 
 

 

1391638_10201795200436701_4264263061236100155_nGabriel Moraes 

22 comentários

Isabela Freitas tem 25 anos, mineira, atualmente em São Paulo, mas vive mesmo no mundo da Lua. Gosta do número 7, amores de arrancar o coração, bichinhos de rua e músicas fofinhas. Ah, ela adora signos também. Sagitariana, teimosa, sincera, sonhadora, dramática e um pouco exagerada. Mas só um pouquinho. Autora dos livros "Não se apega, não" e "Não se iluda, não", e você pode comprá-los aqui. Juntos eles já venderam 500.000 exemplares e até hoje eu não acredito nisso.

Deixe seu comentário

  1. Cristiane KakáResponder

    “opa, isso é sua orelha? Desculpa, buraco errado” velho… tive um infarto rindo disso! Hahahahah adorei a resposta de todos, parabéns meninos!!!

  2. Isabela FreitasResponder

    morri também hahahahahahahaa o ygor sempre surpreende.

  3. IsabellaResponder

    Ai gente, o Marcelo <3 que lindo, me bja vai

  4. Isabela FreitasResponder

    hahahaha eita, Marceliinho

  5. Ciro FernandesResponder

    Já vou ficar atento para quando você for escolher os novos participantes!

  6. Wanessa OliveiraResponder

    O Bruno sempre me encanta com as respostas <3

  7. Clara AiresResponder

    brunooooooo <3

  8. GrazielleResponder

    Aaaaah, eu espera mais das respostas do Gabriel! 🙁
    Apaixonada, como sempre, pelas respostas do Bruno. Gente, esse homem existe mesmo?
    Agora, o recado, no final, do Marcelo, fez meus olhos suares e lembranças surgirem. Nunca pensei em ler isso do tão zueiro Marcelo.

  9. Bruno Q MonteiroResponder

    <3

  10. Bruno Q MonteiroResponder

    Eu existo Grazi, não tão perfeito quanto pareço, mas tenho minhas ideologias rsrs
    <3 <3 <3 <3 <3

  11. ClarissaResponder

    Bruno, no lugar da tua ex, depois dessa eu voltava! uahauhauhau que fofas as tuas respostas.

  12. Thais FreitasResponder

    Marceeeelo, seu lindo. To apaixonada por ti <3

    Ygor é demais sempre hahahah muito bom esse BM

  13. Bruno Q MonteiroResponder

    ahuhuahuahuauh, obrigado Clarissa! 😀

  14. Bruna BarbosaResponder

    Apaixonada pelo Marcelo desde o primeiro dia dele nesse BM! Tava com saudade dele e desses meninos *-*

  15. Leticia CarolineResponder

    Ygor sempre surpreendendo! Kkkkkk adoro as declarações que ele faz pra Mariana, casal lindo! Bruno, você existe mesmo? Porque gente, esse homem nem parece de verdade de tão perfeito!

  16. Naiara MaiaResponder

    Esse Marcelo com essas respostas…como não amar *-*, melhor ainda sendo meu conterrâneo, ah seu pudesse hahahahaha

  17. LayzaResponder

    Oi Clarissa!
    Aqui é a ex do Bruno rs
    Nem tudo na vida sai como esperamos/desejamos/queríamos. Entretanto quando falamos de relacionamentos estes existem de várias formas. E pra mim o mais importante é que existe, hoje, um relacionamento de amizade e respeito muito grande um pelo outro, mesmo não existindo um relacionamento amoroso mais.
    Ele realmente é um menino brilhante! O qual sabe que deixamos o rótulo de namorada/namorado de lado, entretanto a amizade sempre será o nosso maior bem!
    É isso!
    Beijos

  18. Larissa FernandaResponder

    Nossa, eu simplesmente amei esse BM, acho que gosto mais das opiniões masculinas sobre os temas haha e gente, o que não foi os comentários do Ygor Freitas, morri de rir em cada uma, mas devo um elogio ao Marcelo também, pois na última ele ahazou, mas infelizmente ainda não me convenceu :/ Mas olhe, Ygor lindo, adorei e já estou ansiosa para o próximo BM. Muitos beijos pra todos os meninos, e principalmente pra Bebela! :* <3

  19. Adriana FerreiraResponder

    Que bom que os meninos voltaram, só faltou o Léo *-*
    Banheiro masculino é sensacional <3

  20. GrazielleResponder

    Caí morta e enterrada! Hahaha’
    Por mais homens como você no mundo, amém!

  21. LiaResponder

    Thiago casa comigo ?

  22. Igor PoncianoResponder

    “baixei uns CDs do Simple Plan”… Vish, a coisa ficou preta mesmo